Policial

Suspeito morre em tiroteio com a PM e lavador é assassinado a pauladas

Denúncia de que homem estaria armado em lanchonete culminou em morte no Bairro das Indústrias, em João Pessoa. Outro assassinato ocorreu em Santa Rita.




Da Redação

A denúncia de que um homem estaria armado dentro de uma lanchonete culminou em tiroteio e na morte do suspeito. O caso aconteceu na quarta-feira (21) à noite, no conjunto Cidade Verde, localizado no Bairro das Indústrias, em João Pessoa.

De acordo com o sargento Antônio Falcão, da Polícia Militar, por volta das 23h a Força Tática recebeu a informação e tentou fazer a abordagem, mas foi surpreendida pela reação do civil, que sacou a arma e começou a disparar tiros.

A equipe da PM revidou e acabou atingindo o suspeito com dois tiros, um no peito e outro na perna. Francisco de Assis Silva, de aproximadamente 30 anos, ainda foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser atendido.

Durante a madrugada, a Polícia Militar consultou o Infoseg e descobriu que a vítima respondia a três processos na Justiça Comum, mas não era alvo de mandado de prisão. A Delegacia de Homicídios ouviu depoimentos de policiais envolvidos no caso.

Violência em Santa Rita

Outro homicídio foi registrado pela Polícia Civil na madrugada desta quinta-feira na região metropolitana de João Pessoa. O lavador de carro Marcos de Melo Lima, de 38 anos, foi morto a pauladas no bairro Tibiri II, em Santa Rita. Testemunhas relataram que o homem caminhava na rua Mamanguape quando foi agredido por rapazes que estavam à pé.

Moradores ainda chamaram ambulâncias do Samu, mas não havia mais chances de socorro. De acordo com o cabo da Polícia Militar, Ricardo Bandeira, o delegado Guedes, da 6ª Delegacia Distrital, há pistas dos envolvidos no crime, mas os nomes e os motivos não serão revelados para não interferir nas investigações.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.