Policial

Segurança traça ações para atacar criminosos

Estratégias foram definidas durante reunião com vários órgãos em João Pessoa.




O enfrentamento aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), ao crime organizado e ao tráfico de drogas serão prioridades dos órgãos envolvidos no Gabinete de Gestão Integrada (GGI) em 2012.

A intenção da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado é reduzir o índice de homicídios na Paraíba. A definição das áreas estratégicas aconteceu ontem em reunião realizada na sede do Ministério Público Estadual.

O secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social e presidente do GGI, Cláudio Lima, destacou a importância da interação entre os órgãos ligados à segurança para o sucesso do projeto de redução da violência no Estado.

“A reunião do GGI é uma alta articulação de instituições e
poderes diversos com o objetivo de prevenir e combater o crime, tratando a segurança pública como política de Estado”, explicou Cláudio Lima.

Participaram do encontro representantes das secretarias estaduais da Segurança e Defesa Social (Seds), Administração Penitenciária (Seap), Saúde (SES), Educação (SEE), polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Agência Brasileira de Inteligência (ABI), autarquias estaduais e municipais, além do Ministério Público e do Tribunal de Justiça.

O GGI foi criado pela Lei 9.165, de 16 de junho de 2010, com o objetivo de reunir as forças de segurança de cada Estado no sentido de montar operações de prevenção e repressão à violência.

O órgão é presidido pelo secretário estadual da Segurança e sua estrutura conta com a Administração Penitenciária, o comando das polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal, a ABI e a Secretaria Nacional de Segurança Pública.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.