Policial

Presos dois irmãos suspeitos de chefiar tráfico de drogas em Bayeux

Eles ainda são suspeitos de terem cometido pelo menos seis homicídios este ano no município. Prisão aconteceu nesta quinta-feira.



Divulgação/Secom-PB
Divulgação/Secom-PB
Eles estavam armados com duas espingardas com a numeração raspada, munições, uma máscara e um uniforme das forças armadas.

Dois irmãos foram presos no início da manhã desta quinta-feira (12) suspeitos de serem os chefes do tráfico de drogas da comunidade São Lourenço, na cidade de Bayeux. De acordo com a Polícia Militar, Juan Izidro de Oliveira, de 27 anos, e Eduardo Oliveira da Silva, 25, ainda são suspeitos de terem cometido pelo menos seis homicídios este ano no município.

De acordo com o comandante da 4ª Companhia Independente, capitão Túlio Ramalho, a operação foi deflagrada após os policiais receberem a informação de que chegava uma encomenda de drogas para os dois comercializarem. A polícia encontrou os suspeitos em uma casa, armados com duas espingardas com a numeração raspada, munições, uma máscara e um uniforme das forças armadas.

As drogas, ainda de acordo com o capitão, teriam sido enterradas no mangue. “Nossas equipes estão realizando uma varredura no local para tentar encontrar as drogas, pois já é uma prática utilizada por traficantes no município, de enterrar as drogas para dificultar o flagrante”, disse.

Segundo investigações levantadas pelas equipes da PM, os dois ditavam regras na comunidade, dando toque de recolher aos moradores, exigindo que motos só circulassem pelo local com os condutores sem capacete, além de várias outras normas impostas pelo tráfico. Esse ato, então, aterrorizava os moradores.

Os dois presos e todo material apreendido foram apresentados na 6ª Delegacia Distrital, em Santa Rita. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.