Policial

Presa dupla suspeita de sequestrar e ameaçar casal em Guarabira

Casal estava com o filho de apenas 3 anos no momento do crime. Criminosos exigiram R$ 30 mil pela liberação.




Um trabalho integrado entre as Polícias Militar e Civil resultou na prisão de dois suspeitos de sequestrar um casal de fazendeiros com o filho de apenas 3 anos, nessa quinta-feira (15), na cidade de Guarabira. Os criminosos ameaçaram as vítimas de morte e exigiram R$ 30 mil pela liberação, valor que não chegou a ser pago porque os policiais realizaram a prisão dos suspeitos.

Nadilson Costa de Araújo, de 39 anos, e Cícero Matias de Aguiar, 38, foram presos na Zona Rural do Município de Pilõezinhos, no local marcado para receber o dinheiro exigido. Com eles, foram apreendidos os dois revólveres utilizados para ameaçar as vítimas e recuperados uma moto, celulares e cartões de créditos do casal.

De acordo com o subcomandante do 4º Batalhão, major Sinval Albuquerque, os suspeitos passaram mais de quatro horas com o casal e a criança. “Os dois estavam em uma moto e fingiram que o veículo estava quebrado. O fazendeiro estava chegando ao sítio da família e parou para ajudar, mas foi surpreendido pelos suspeitos que os colocaram no carro e depois os levaram até a casa das vítimas, no conjunto Dona Adália, em Guarabira”, disse.

Ainda segundo o major, após mais de quatro horas de ameaças, a dupla levou a família sequestrada para a Zona Rural de Pilõezinhos e depois liberou o casal com o filho para que eles fossem pegar o dinheiro. “O homem nos procurou no 4º Batalhão e montamos uma operação com os agentes do Grupo Tático Especial da Polícia Civil, que resultou na prisão dos dois. Um deles estava em uma cocheira, que era o local marcado para o pagamento, e o outro em uma casa, com as armas e os objetos roubados das vítimas”, disse. A dupla presa foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil, em Guarabira.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.