Policial

PM acha corpo de garoto de 14 anos em manguezal

Investigações apontam que o corpo do adolescente tenha sido abandonado no mangue após o crime.



Walter Paparazzo/G1 Paraíba
Walter Paparazzo/G1 Paraíba

O corpo de um adolescente de 14 anos foi encontrado no final da manhã de ontem, em um manguezal no bairro do Róger, em João Pessoa, pela Polícia Militar. A PM acredita que o adolescente tenha sido mais uma vítima da briga entre as facções Al-Qaeda (Okaida) e ‘Estados Unidos’, que disputam pontos de tráfico no bairro.

Segundo a polícia, durante a madrugada de ontem, traficantes de facções rivais iniciaram um tiroteio na área do ‘Baixo Róger’. De acordo com o delegado Marcelo Falcone, que investiga o caso, Ubiratan Brito da Silva, voltava de uma festa com amigos, quando se envolveu no tiroteio e foi atingido na nuca. Mais dois adolescentes, sendo um de 15 anos e outro de 17 anos, também foram atingidos pelos disparos e socorridos para o Hospital de Trauma em João Pessoa.

Conforme a polícia, as investigações apontam que o corpo do adolescente tenha sido abandonado no mangue após o crime.

No local onde o corpo foi encontrado, ainda havia três cápsulas de bala. Segundo a polícia, o adolescente era envolvido com drogas e, provavelmente, participava de um dos grupos rivais.

“Segundo os populares, ele usava drogas e era envolvido com gangues”, disse o delegado Marcelo. O adolescente morava no bairro do Róger.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.