Policial

Pernambucanos são presos com 5 mil maços falsos de cigarro

Material contrabandeado foi encontrado com dois homens que transportavam os produtos em um carro, tendo como destino o comércio de João Pessoa.




A Polícia Civil da Paraíba conseguiu apreender uma carga de 5 mil carteiras de cigarros falsificados, na cidade de Serra Branca, no Cariri paraibano, no final da tarde desta quarta-feira (1º). O material contrabandeado foi encontrado com dois homens que estavam transportando os produtos em um carro, tendo como destino a capital paraibana, João Pessoa. Os homens foram presos em flagrante e um deles ainda foi  flagrado dirigindo com uma carteira de habilitação falsa. 

Os suspeitos, identificados como José Hermes Sales Sousa e Paulo de Brito Calado, 42 anos, moram na cidade de  Afogados da Ingazeira, localizada no Sertão pernambucano. De acordo com a Polícia Civil, os dois homens estavam trafegando pela  BR-412, no trecho que compõe a cidade de Serra Branca, quando policiais realizaram uma abordagem e encontraram o material. 
 
Em depoimento na delegacia, os dois informaram que o material falsificado vinha da cidade de São José do Egito e iria para João Pessoa. O motorista do carro Paulo de Brito, que estava com uma habilitação falsa, disse que conseguiu comprar o documento no estado de São Paulo. O carro usado pela dupla era uma Doblô que pertence a irmã de Paulo de Brito. 
 
Ainda de acordo com o delegado Rodrigo Monteiro, as 5 mil carteiras de cigarros falsificados estavam divididas em 10 faixas de papelão. Após serem ouvidos na delegacia, os dois acusados foram encaminhados para a cadeia pública de Serra Branca, onde ficarão à disposição da justiça. Eles foram autuados por contrabando e o motorista ainda por uso de documento falso. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.