Policial

Fugitivo é executado

Região Metropolitana registra três execuções na noite da última segunda-feira (13); um dos crimes foi praticado contra um detento foragido.




Menos de 24 horas após ter fugido da cadeia de Mamanguape, o detento Derivaldo da Conceição, de 34 anos, foi assassinado a tiros durante a noite da última segunda-feira. Crime aconteceu na comunidade João Paulo II do bairro Renascer III, no município de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa. Além do foragido, outros dois homens foram executados na capital durante a noite.

Conforme o tenente-coronel Arnaldo Sobrinho, gerente executivo do Sistema Penitenciário, após a fuga, o preso que era condenado por homicídio havia se refugiado na casa de sua companheira, na mesma comunidade em que foi executado.

Segundo a polícia, a companheira da vítima afirmou que Derivaldo havia chegado à sua casa por volta das 10h.

O crime teria sido praticado por volta das 22h, nas proximidades da residência em que o fugitivo estava. O autor do assassinato seria um homem que momentos antes teria discutido com a vítima. A equipe plantonista do 1º Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp) esteve no local do crime, mas não conseguiu identificar o autor do homicídio.

Acompanhado por nove detentos, Derivaldo da Conceição havia fugido da cadeia de Mamanguape por volta das 23h30 do último domingo. Para fugir, eles serraram as grades da cela em que estavam e, com o auxílio de uma corda improvisada com lençóis, pularam o muro e tiveram acesso à rua. Conforme o tenente-coronel Arnaldo Sobrinho, por enquanto nenhum preso foi recapturado.

Na capital, por volta das 23h40, Vítor Franca Leite de Farias, de 24 anos, morreu após ser atingido com dois tiros na cabeça, no bairro Cristo Redentor. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social (Seds), a delegada Maria das Dores fez os primeiros levantamentos relacionados ao crime, porém não identificou o autor do homicídio.

Já na comunidade Saturnino de Brito, no bairro de Jaguaribe, o vendedor ambulante Antônio Menezes de Sousa, de 44 anos, foi assassinado por volta das 19h40. Segundo a Seds, a vítima estava em sua motocicleta quando dois homens, que também estavam em uma moto, se aproximaram e o carona efetuou os disparos contra a vítima. Ele morreu no local.

Um exame preliminar realizado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) revelou que os tiros que atingiram a vítima provavelmente são de pistola calibre 380. O assassinato está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da capital.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.