Policial

Casal é assassinado e neto sobrevive a atentado no Sertão do Estado

Superintendência da Polícia Civil em Itaporanga investiga se família foi vítima de vingança por rixa antiga. Agricultor e a esposa tiveram casa invadida na madrugada desta sexta-feira.




Karoline Zilah

Um casal foi assassinado e uma criança ficou ferida na madrugada desta sexta-feira (23) no município de Santana de Mangueira, no Alto Sertão paraibano. A Superintendência da Polícia Civil de Itaporanga investiga se o duplo homicídio se tratou de uma vingança, uma rixa antiga entre duas famílias.

A dona de casa Cícera Pereira da Silva, de 49 anos, e seu marido, o agricultor Carlos Batista Pereira, de 51, tiveram a casa invadida e foram mortos a tiros por volta das 2h30. De acordo com a 4ª Companhia da Polícia Militar em Conceição, ainda não se sabe quantas pessoas participaram do crime, mas é certeza que a porta da casa foi arrombada.

Cícera morreu na hora. Ao entrar na casa, os parentes das vítimas ainda conseguiram socorrer Cícero e colocá-lo em um carro para buscar atendimento em Itaporanga, mas ele morreu a caminho do hospital. O neto do casal, uma criança que aparenta ter entre 2 e 5 anos de idade, sofreu ferimentos leves e passa bem.

O delegado Cristiano dos Santos Santana foi enviado pela Superintendência à cidade para dar início à apuração de pistas. Ele já tem suspeitos, com base em informações de familiares das vítimas. As investigações continuam nesta sexta-feira com o objetivo de prender, ainda em flagrante, os responsáveis pelo crime.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.