Economia e Negócios

publieditorial

Centro alavanca turismo no interior

Municípios que já têm produtos turísticos diferenciados e competitivos no mercado também são beneficiados, diz gestora de turismo do Sebrae.



Fotos: Kleide Teixeira/ Francisco França
Fotos: Kleide Teixeira/ Francisco França
Eventos realizados no Centro de Convenções se tornam a ponte para aumentar a visitação turística no interior

Engana-se quem pensa que o Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima vai trazer benefícios exclusivamente para o turismo no litoral. O equipamento tem potencial para alavancar também o turismo nas cidades do interior. Na opinião da gestora de turismo do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas da Paraíba (Sebrae-PB), Regina Amorim, o Centro de Convenções foi o melhor investimento realizado para o crescimento do turismo de eventos e negócios no Estado.

Ela enfatizou que enquanto o turismo de sol e mar acontece durante quatro meses por ano, o de eventos preenche todos os outros períodos do ano. “E tem mais, o turista de eventos gasta pelo menos três vezes mais que o turismo de lazer”, afirmou. O Centro de Convenções será, portanto, a porta de entrada para vender destinos como Bananeiras, Areia, Sousa, Cabaceiras, etc. Cidades do interior que já investem em hotéis e restaurantes.

Segundo Regina, todos os municípios que já têm produtos turísticos diferenciados e competitivos no mercado também são beneficiados com o turismo de eventos e de negócios. “O Sebrae tem investido na formatação de produtos e roteiros turísticos criativos com foco na produção associada ao turismo, gerando o turismo de experiência, atualmente tão demandado pelos melhores destinos turísticos do mundo”, declarou.

A Paraíba tem nova oferta de turismo de experiência em Areia, Bananeiras, Conde, Pitimbu, Cabedelo, Lucena e, em breve, Alagoa Grande, Pilões, Cabaceiras, Boqueirão e Ingá. “Com os grandes eventos no Centro de Convenções e bons agentes receptivos preparados para também vender o destino Paraíba, aproveitar essa demanda do turismo de eventos, todos essas cidades podem ganhar”, declarou.

De acordo com a gestora, a cada ano é realizada uma edição do curso de formação de empreendedores em eventos, desde 2006. “Por ano colocamos no mercado em média 30 profissionais qualificados para atuar no mercado de eventos. A edição desse curso em 2014 começa no dia 7 de abril”, disse. A grade curricular desse curso, segundo Regina, é inédita no Brasil e bem completa para quem quer atuar no mercado com competitividade. “Já tivemos profissionais de Bananeiras, Conde e Campina Grande participando desse curso”, afirmou.

Regina destacou que a capacitação de profissionais do interior tem sido feita em parceria com a PBTur, Secretaria de Turismo e Convention Bureau, além de outros parceiros. Os eventos realizados no Centro de Convenções se tornam a ponte para aumentar a visitação turística nesses municípios. Mas para isso a capacitação se torna fundamental, pois esse trabalho não pode ser feito com amadorismo.

BANANEIRAS, AREIA, CABACEIRAS, SOUSA E OUTRAS CIDADES DA PB SE DESTACAM

Bons argumentos não vão faltar aos profissionais de turismo no momento de falar sobre o interior da Paraíba. No Brejo, Areia e Bananeiras se destacam pelo clima frio, pelos prédios históricos bem conservados e pela culinária. As cidades, inclusive, fazem parte do evento cultural Caminhos do Frio, realizado anualmente entre os meses de julho e agosto. Em Bananeiras, novos e luxuosos hotéis foram construídos para atender à demanda de turistas.

No município de Cabaceiras, no Lajedo de Pai Mateus, o turista vai ficar encantado com o cenário, principalmente se a visitação for feita no final da tarde. O pôr do sol deixa o local ainda mais belo. Quem já foi ao Lajedo de Pai Mateus costuma dizer que visitou uma parte do paraíso, tamanho é o deslumbramento que o cenário provoca. O destino está consolidado como um dos mais importantes do interior.

No Sertão, o turista encontra uma diversidade histórica, cultural e paisagística. Isso pode ser encontrado, por exemplo, no município de Sousa, onde é possível visitar o Vale dos Dinossauros, que atrai estudiosos de várias partes do mundo. O sítio paleontológico tem mais de 50 pegadas de animais pré-históricos, espalhadas por toda bacia sedimentar do Rio do Peixe. Mas as opções vão além: a estância termal Brejo das Freiras, em São João do Rio do Peixe; e a Fazenda Acauã, em Aparecida.

PARAÍBA PROMOVE TURISMO DE EVENTOS

Na 12ª edição da Feira de Destinos, Espaços e Fornecedores para eventos corporativos, profissionais, esportivos e incentivos (EBS), o destino Paraíba e a capital João Pessoa foram explorados comercialmente. A feira é a única voltada aos destinos e ao mercado de eventos e foi realizada no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. O objetivo foi promover o turismo de congressos e eventos corporativos, através de seus equipamentos públicos (como o Centro de Convenções) e privados.

"Nosso principal objetivo foi fazer uma apresentação do destino de forma inteligente, diferenciada e focada para um público especializado do segmento de turismo de congressos e eventos corporativos que estará participando da feira", afirmou o presidente do Convention Bureau de João Pessoa, hoteleiro Camilo Juliani. Foi apresentado um material impresso e digital com toda a infraestrutura de João Pessoa e Campina Grande para receber eventos e incrementar o fluxo de turistas na baixa temporada.

O Centro de Convenções de João Pessoa foi potencializado pelos representantes da Paraíba, tendo em vista sua capacidade de realizar eventos de grande porte, de forma simultânea, inclusive. Com a entrega do teatro, que tem capacidade para mais de 3 mil pessoas, o Centro ficará totalmente concluído. O local já realizou eventos importantes e de destaque como a Multifeira Brasil Mostra Brasil, Congresso de Feridas, e se prepara para receber, em julho, o Robocup (Copa do Mundo de Robótica).





publieditorial