Moda

Look de inverno pede não somente cores e texturas, mas também estampas

O animal print e camuflado perpassam por todas as estações e também são opções para quem gosta de visuais mais marcantes. 




Além das cores e texturas, as estampas invernais são outra forma de evidenciar o look nessa temporada. Os ares étnicos com toques boho através das variantes de suas técnicas de tricot e crochet. Estampas tribais, tradicionais dos vaqueiros argentinos, em shapes glamurosos dos anos 50. Bem como as estamparias na linha cajal e arabesco Floral, listras e florais em tons mais escuros e terrosos podem ser uma aposta nas produções outono/inverno. O animal print e camuflado perpassam por todas as estações e também são opções para quem gosta de visuais mais marcantes.
 
De acordo com a consulta de imagem, Isadora Cavalcanti, temos em evidencia as estampas étnicas ou tribais, que remetem a grafismos que fazem referência a cultura de tribos. “As estampas étnicas ou tribais possuem padronagens que vão das bicolores às megacoloridas, com uma dose exagerada de grafismos e contrastes, sucesso nos anos 70, esse estilo resgata a cultura dos índios americanos, das tribos africanas e do povo asteca”, comentou.
 
Ainda conforme Isadora Cavalcanti, o arabesco é um forte elemento da arte islâmica, e são compostos por figuras iguais que se repetem formando um padrão que nos dá uma impressão de infinito, lembram formas de plantas e ícones de realeza. Essa estampa se tornou familiar para nós em uma tendência que agradou e ficou, que foi a das cerâmicas portuguesas, que lembravam muito as formas de arabescos.
 
As passarelas trazem também um revival do militarismo, as estampas que remetem ao padrão camuflado utilizado nos uniformes do exército. “Temos em evidencia também as estampas étnicas ou tribais, que remetem a grafismos que fazem referência a cultura de tribos”, destacou consultora de moda. O estilo navy, vem apostando nas listras nas mais diversas cores, esse estilo é um clássico e permanece a cada estação.
 
Segundo a especialista em moda, os florais, aparecem combinados a formas geométricas e também misturados ao xadrez. A estampa de borboletas também é uma tendência que vem importada do desfile da Givenchy, e pode dar o ar de sua graça nesse inverno com padronagens diversas.
 
O animal print, velho conhecido nosso de inverno a verão, continua nas ruas, desta vez podem aparecer misturados a outros elementos como: grafismos, plumagens, pincelados ou listras. O print ganhou vida nova seja em versões remixadas, com diferentes tipos de padronagens na mesma peça, ou com tonalidades não-óbvias, a exemplo do vermelho, verde, preto, que prometem dominar os looks na estação mais fria do ano.
 
Outra dica para montar produções elegantes para arrasar nas temperaturas mais baixas, é usar as estampas que remetem ao efeito mármore ou pedras. “As estampas remetendo a efeito de mármore e pedras, assim como a manchas em mármore também são uma tendência desse inverno. São requintadas, elegantes e propicias para usar nessa época”, garantiu Isadora Cavalcanti.
 
A mistura de estampas como o print e o poá cria um mix moderno e inusitado mas, destinado as mulheres menos conservadores que gostam de visuais mais chamativos seja no verão ou no inverno. A estampa de poá é versátil e pode ser combinada com várias outras sem medo, como as listras, as estampas florais, as folhagens e as geométricas.
 
Apostar em looks estampados e escolhê-los de forma correta é uma opção nesse inverno
 
São vários os estilos de estampas tipicamente invernais, para cada uma é possível montar looks que podem ser usados desde os ambientes mais casuais aos mais formais. Um ícone das passarelas que cairá muito bem para ser usados em épocas mais frias, são os casacos longos, estilo sobre-tudo, acompanhados de leggins em couro ou com o efeito do couro. Essa peça pode ser usada como composição com tubinhos estampados. O contrastes com um sobretudo em cor neutra ou vice-versa pode ajudar a harmonizar o visual.
 
“Vestidos, saias e jaquetas com cintura bem marcadas por cintos ou faixas, calças mais soltas no estilo carrot acompanhadas de tops cropped e casacos, tudo isso pode ser usado em estampas animal print, étnicas, tricôs amplos com calças mais justas. Na verdade, o que vai determinar melhor o look será o nível de frio onde você estiver e o bom gosto na hora de optar pela estampa que melhor combine com cada uma”, pontuou a consultora de imagem, Isadora Cavalcanti.
 
Assim como no verão, no inverto também existe certa preocupação quanto ao uso correto das estampas. Porém, é possível escolher as que melhor se adequam a cada mulher, desde as mais magras às encorpadas. “Mulheres mais magrinhas podem transitar das estampas mais delicadas às mais amplas e vibrantes sem medo, pois estas não farão um efeito de amplitude muito exagerado em suas silhuetas. Já as mais cheinhas, devem evitar as estampas mais amplas, com formas muitos grandes, ou exageradas, pois isso aumentará visualmente a silhueta, mas se mesmo assim o objetivo é arriscar, é interessante fazer um jogo, quando quiser usar a blusa com uma estampa maior, basta usar uma calça ou saia em um tom escuro que alongue e afine a silhueta, e vice-versa”, concluiu a especialista em moda.
 
As cores das estampas invernais
 
O inverno naturalmente é uma estação onde as roupas escuras ou em tons mais sóbrios e neutros são mais usadas. Essas cores precisam estar em sintonia com as estampas. As cores das próprias estamparias assim como a do pano de fundo podem influenciar na hora de montar os looks. Optar por tons mais neutros ou equilibrá-los com as tonalidades das outras peças do visual, pode ser uma forma ficar na moda, de maneira confortável e elegante.
 
Para a consultora de moda, Isadora Cavalcanti, a cor mais comentada dessa estação é a marsala, na verdade um novo nome dado a velha "cor de vinho". Essa e os outros tons terrosos, como o marrom, o bege e o caramelo podem ser usados e abusados nas estampas dou outono/inverno. “O laranja também apareceu nas passarelas mas com um pouco mais de descrição, já o dourado metalizado, no melhor estilo lamê auqle, aquele efeito que parece molhado, promete arrematar os looks de inverno conferindo um ar sofisticado e modernoso”, enfatizou a especialista de moda.
 
Também vale apostar em tons de verde do mais intenso ao mais escuro, e no bom e velho preto que nunca sai de moda. “Nesse inverno promete boas composições ao lado de mais de 50 tons de cinza”, completou Isadora Cavalcanti.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.