Geral

Após estupro coletivo, campanha mobiliza internautas em redes sociais

Veja os destaques tecnológicos da semana e fique por dentro das novidades que agitaram a internet.




A hashtag ‘#EstuproNaoÉCulpaDaVitima’ se tornou na manhã da sexta-feira (27) o segundo maior trending topic do Twitter no Brasil e também mundialmente, com mais de 89 mil tuítes – até a publicação desta coluna. A campanha é em decorrência do abuso coletivo sofrido por uma jovem no Rio de Janeiro, onde um vídeo ridicularizando a jovem foi publicado por um usuário do Twitter.

Em ambos os trending topics, a hashtag só perdeu para o termo ‘#H5727’, em função do lançamento do novo disco do grupo Fifth Harmony que já possuia mais de 130 mil tuítes.

Usuários do Twitter protestaram, criticaram a omissão da Justiça e seus agentes, se sensibilizaram com o caso, e constetaram os comentários do senso comum sobre casos desse tipo. As reações no Facebook também seguiram sendo compartilhadas com a hashtag. E muitos usuários do Facebook aderiram a campanha ‘Eu luto pelo fim da cultura do estupro’ disponível no Twibbon – plataforma que muda sua foto de perfil.

 

Facebook vai rastrear até não usuários da rede social visando vendas de publicidade
O Facebook começou a aproveitar seu poder de rastreamento para exibir publicidade a quem não é usuário da rede social. Para isso, a empresa usará cookies, botões de like e plug-ins que estão espalhados pela internet para coletar informações, segundo o Wall Street Journal.

 

A ideia, de acordo com o Facebook, é melhorar o nível de personalização dos anúncios. A companhia já entende bem os 1,7 bilhão de usuários que tem e agora quer empregar sua tecnologia para exibir propaganda aos demais internautas com o mesmo nível de assertividade.

Quem é usuário e não quer ser inserido no esquema pode alterar isso nas configurações. E você, concorda com isso?

 

Spotify amplia plano e serviço fica mais barato no Brasil
O Spotify já reformulou seu plano Premium Família. Agora é possível incluir até seis contas individuais pagando um valor de R$ 22,35 por mês.

Antes, o serviço de streaming de música cobrava R$ 7,45 – 50% do valor da mensalidade Premium, que é de R$ 14,90 – para cada conta adicional. Ou seja, R$ 22,35 era o valor cobrado por apenas duas pessoas.

 

Cada usuário tem uma conta separada com suas próprias recomendações, playlists e coleções de música. "O Plano Familiar do Spotify atualizado oferece a mesma experiência de música de antes, mas agora permite ainda mais familiares com acesso a mais de 30 milhões de músicas por um baixo preço pago em uma única conta", afirmou em nota.

 

E agora é possível ouvir músicas compartilhadas do Spotify no Twitter
E falando em Spotify. Agora será possível ouvir uma prévia de 30 segundos das músicas compartilhadas no Twitter, sem que o usuário tenha de ser redirecionado para o site do Spotify.

 

 

Ao se deparar com um tuíte compartilhando alguma música do serviço de streaming, o usuário poderá optar por escutar a prévia da música em questão. O recurso é similar ao que já existe no Facebook, que conta com a funcionalidade desde novembro do ano passado. O Twitter já disponibiliza suporte à reprodução para alguns serviços como SoundCloud e iTunes, mas só agora, após várias contestações de seus usuários, disponibilizou as prévias também para o Spotify.

Jovens estão cada vez mais viciado em telas, aponta estudo
Os adolescentes passam praticamente todas as horas em que estão acordados olhando para telas – sejam elas de smartphones, televisões, de computadores, ou de qualquer outro dispositivo. É o que aponta um estudo realizado pela organização não governamental Common Sense Media e divulgado pelo jornal The Washington Post.

Os resultados indicam que os adolescentes passam cerca de nove horas diárias encarando telas, enquanto crianças com idades entre 8 e 12 anos fazem a mesma coisa durante seis horas diárias. Nos Estados Unidos cada pessoa passa em média 4,5 horas por dia olhando para as telas e telinhas. Considerando que crianças e adolescentes passam cerca de seis horas por dia na escola e em média oito horas dormindo, o estudo mostra que os adolescentes passam todas as horas em que estão acordados e fora da escola em frente aos dispositivos eletrônicos.

Em decorrência disso, a preocupação dos pesquisadores está nos efeitos da exposição à longo prazo na saúde dos jovens. Estudos mostram que tablets e smartphones fazem com que crianças fiquem mais acostumadas à atenção e à exposição, e que a luz azul emitida por esses dispositivos tende a gerar um certo grau de confusão no cérebro humano fazendo-o parar de produzir uma substância chamada melatonina. Sem ela, o grau de distração é aumentado fazendo com que seja mais difícil de dormir e aumentando o risco de obesidade e até de câncer de próstata.

Street View faz sessão especial ‘Rio 216’ para mostrar pontos turísticos e locais de competição

O Rio-2016 está chegando. Faltam 68 dias para a abertura dos jogos olímpicos. Pensando nisso, o Google lançou uma sessão especial do Google Street View, chamada Street View Highlights Rio de Janeiro, focada nos pontos turísticos e locais de competição. Tudo pode ser visto em 360 graus.

Cristo Redentor, Praias de Ipanema e Copacabana, Sambódromo, e também a Arena do Futuro – onde vão acontecer os jogos de vôlei, o Centro Aquático Maria Lenk, Centro Olímpico de Hipismo, BMX, Golfe, Mountain Bike, entre outros pontos turísticos e locais de competição.

Lá vem Faxina: Instagram pode excluir contas inativas
Quem usa o Instagram precisa ficar ligado com sua conta e mostrar que ‘está vivo’ na rede social. Isso porque uma das políticas da plataforma prevê que um perfil inativo pode ter o perfil apagado. Isso acontece para permitir que os nomes de usuário já ocupados pelos inativos não fiquem trancados e sem uso, permitindo a escolha desses nomes por novos usuários do ‘insta’.

Segundo o Instagram, os motivos que podem desativar uma conta são variados e incluem sua data de criação e seu ritmo de uso. Este dado é composto por informações como a quantidade de posts feitos pelo dono do perfil e logins feitos no site nos últimos dias. Além de curtidas e comentários em fotos de outras pessoas que a conta segue.

O objetivo da política de exclusão da rede social é evitar que o Instagram fique poluído com páginas fantasmas que não são mais utilizadas. Também evita que nomes de usuário inutilizados fiquem trancados, dando a oportunidade para novos registros. E também inibir a compra de seguidores, já que a faxina em contas fantasmas diminui drasticamente o número de seguidores de muitas contas.

 

Rapidinhas
Snapchat lança novos stickers – O Snapchat ganhou novos stickers na nova atualização, sem o padrão Unicode de emoji – o mais conhecido dos usuários. Agora esses, e vários outros, estão disponíveis para fazer montagens nas próprias fotos e vídeos dos snaps. Os novos stickers agora ocupam a primeira página do menu de adesivos do aplicativo, no ícone de post-it.

 

Ladrão é preso após ser sugerido como amigo da vítima pelo Facebook –  Omar Famuyide foi preso por roubo em Birmingham, na Inglaterra, após ter sido identificado por uma vítima através do Facebook. O ladrão apareceu na lista de sugestão de amigos, o que foi o suficiente para que uma identificação levasse à prisão do criminoso.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.