Esportes

Por conta de dívidas trabalhistas do Treze, Justiça marca leilão do Presidente Vargas

Lance inicial do leilão está avaliado em R$ 30 milhões.




A 4ª Vara da Justiça do Trabalho em Campina Grande marcou para o próximo dia 15 o leilão do Estádio Presidente Vargas, que pertence ao Treze Futebol Clube. A determinação é por conta de uma série de dívidas trabalhistas do clube com ex-atletas e ex-funcionários do Alvinegro. O lance inicial do leilão está avaliado em R$ 30 milhões e, caso não apareça nenhum comprador, uma segunda chamada está marcada para o dia 29, só que dessa vez com um lance mínimo de R$ 15 milhões.

treze

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que o PV fica próximo de ir a leilão. Em 2013, o clube passou pela mesma situação por conta de dívidas com a União. Na ocasião, os diretores do Alvinegro conseguiram contornar a situação e o estádio continuou em posse do clube paraibano. Em 2016, o estádio trezeano voltou a ser colocado em leilão, mas um acordo que a diretoria celebrou com a Justiça acabou adiando o procedimento.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.