Esportes

Paraibano reina no Circuito N/NE

Campeão de 2013 por antecipação, Gabriel José de Souza Lopes, fecha a temporada com a prova deste final de semana.




Ele tem apenas 16 anos e já é considerado um dos principais cavaleiros do país. Algo justificável quando se fala de um atleta que tem no currículo seis títulos regionais e dois brasileiros no hipismo. Para Gabriel José de Souza Lopes, ser campeão é uma rotina que começou ainda criança.

A primeira vez que ele ganhou o Circuito Norte-Nordeste foi saltando obstáculos de 60cm, aos 9 anos. De lá para cá, foi campeão em todas as categorias que disputou – 90cm, 1m, 1,1m, 1,2m e, agora, também com obstáculos de 1,3m.

"Este ano foi mais complicado, porque minha égua vive em Fortaleza e nem sempre posso treinar com o conjunto", explicou Gabriel.

O mais impressionante é que o cavaleiro pratica hipismo há apenas sete anos – ou seja, só no primeiro ano ele não terminou como campeão, ficando em terceiro na categoria escolinha.

Campeão de 2013 por antecipação, Gabriel José fecha a temporada com a prova deste final de semana, que será disputada no Caxangá Golf Club, no Recife. Será a oitava etapa do ano e o cavaleiro paraibano vai em busca do sétimo título com a sua égua, Madada Chinchin Bolsa Atleta.

"Espero terminar bem a temporada. Vou me esforçar para manter esse ritmo de vitórias na última etapa"

PAUSA PARA ESTUDOS

Gabriel José espera encerrar a temporada com mais uma vitória no final de semana. Até porque ele já sabe que o hipismo não será prioridade em 2014, uma vez que vai prestar vestibular para Medicina.

"Vou me dedicar mais aos estudos. Disputar uma etapa do hipismo é muito desgastante, já que acabamos viajando muito e perdendo aulas, provas… Já decidi que não vou para todas as etapas no ano que vem", revelou o cavaleiro, sabendo que isso pode ser decisivo para interromper a série de títulos.

Além dos campeonatos regionais, Gabriel José também já escreveu o seu nome em campeonatos nacionais. Foi duas vezes campeão brasileiro, nas categorias de 1m (2010) e de 1,1m (2011).

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.