Esportes


Campinense adota cautela na montagem do elenco para 2018

Marquinhos Marabá admite que o clube precisa ter cautela nas contratações.




Sem disputar partidas oficiais desde julho, quando foi eliminado do Campeonato Brasileiro da Série D, o Campinense volta seus pensamentos para 2018, quando tem pela frente o desafio de restabelecer o bom futebol, que deixou a desejar na atual temporada. De acordo com o gerente de futebol rubro-negro, Marquinhos Marabá, há pelo menos dois meses a diretoria vem trabalhando 24 horas por dia na montagem do elenco para o próximo ano, com o objetivo de conquistar o Campeonato Paraibano e o acesso para a Série C, após seis anos.

A diretoria é ciente de que 2017 não foi um bom ano para a Raposa e vem tirando da experiência negativa uma lição para a construção do próximo elenco rubro-negro. Além do retrospecto negativo neste ano, o fato de o orçamento para 2018 ser inferior ao desta temporada também vem fazendo com que as contratações sejam bem pensadas e pontuais. Segundo Marabá, com tantos fatores importantes a serem levados em consideração neste momento, a diretoria vem buscando jogadores acostumados com cobranças.

"Nós estamos tendo bastante cuidado em relação à montagem do elenco, buscando jogadores comprometidos com os objetivos que o clube almeja para 2018, que é o título do Campeonato Paraibano e o acesso à Série C. Nós temos consciência do ano difícil que tivemos. Estamos procurando trabalhar com cautela. Teremos um orçamento menor do que o deste ano, então vamos procurar acertar o máximo possível, com jogadores guerreiros, compromissados com o clube e acostumados a atuar na região Nordeste. A ideia é termos entre 25 e 30 jogadores no elenco, até porque teremos apenas duas competições", explicou.

Continue lendo no GloboEsporte.com/PB