Esportes


Zezinho é suspenso por 50 dias e multado por ofensas a árbitro

Dirigente foi punido por ofender o árbitro Antonio Neuriclaudio, do Acre, na partida contra o Cuiabá, pela Série C.




O presidente do Botafogo-PB está suspenso por 50 dias da suas atividades à frente do clube paraibano. Zezinho Botafogo foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na manhã desta sexta-feira por ter invadido o campo de jogo da Arena Pantanal, contra o Cuabá, em jogo da Série C do Brasileiro, e ofendido o árbitro Antonio Neuriclaudio R. Costa, do Acre. O dirigente botafoguense foi absolvido pela invasão, mas, pelas ofensas, além da suspensão de 50 dias, também foi punido com multa de R$ 7 mil. O departamento jurídico do Belo já adiantou que vai recorrer da decisão do STJD.

Zezinho Botafogo foi julgado pela 5ª Comissão Disciplinar do STJD. Ele respondia por infrações em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): o 258-B, que fala sobre "Invadir local destinado à equipe de arbitragem, ou o local da partida, prova ou equivalente, durante sua realização, inclusive no intervalo regulamentar"; e o 243-F, que aborda quem "Ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto".

Leia a matéria completa no GloboEsporte.com/pb.