Esportes


Botafogo perde a quinta seguida e pode parar na zona de rebaixamento

Dentro de casa, o CSA fez valer a força de sua torcida.




Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas
Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas

CSA e Botafogo-PB fizeram um duelo cheio de opções e chances de gol na tarde deste domingo (30), no Estádio Rei Pelé, em partida válida pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Dentro de casa, os alagoanos fizeram valer a força de sua torcida, bateram o Belo por 2 a 1, de virada, e terminaram mais uma rodada na primeira colocação isolada do Grupo A. Já o time de João Pessoa acabou conhecendo sua quinta derrota consecutiva e já flerta de maneira perigosa com a zona de rebaixamento.

O jogo começou com as duas equipes pressionando e buscando abrir o placar. O CSA, dono da casa, pressionava com mais ênfase e tinha as principais chances de gol. Em uma delas, Marcos Antônio recebeu dentro da área do time paraibano e, sem nenhuma marcação, bateu para longe do gol defendido por Michel Alves. O Botafogo-PB se aproveitava dos contra-ataques e conseguiu que um deles se transformasse em gol aos 43 minutos. Dico aproveitou uma falha da defesa do CSA e bateu de canhota, deslocando o goleiro Mota, que não conseguiu evitar o primeiro gol da partida, o que dava ao Belo a vantagem ao final do primeiro tempo.

Se o primeiro tempo já foi agitado, a segunda etapa acabou sendo de tirar o fôlego. Logo aos quatro minutos, Edinho, do CSA, recebeu passe açucarado de Gustavinho e mandou a bola na trave do Botafogo-PB. Pouco depois, aos 10, não teve trave que impedisse o empate do time alagoano. Na cobrança de escanteio de Daniel Costa, Thales subiu mais que a zaga do Bota-PB e de cabeça decretou a igualdade do placar.

Com o gol sofrido, o Botafogo-PB decidiu ir para cima na tentativa de voltar à frente do placar. Aos 31 minutos, veio o empate, só que nas bolas na trave. Rafael Oliveira apareceu na área do CSA, mas a finalização acabou acertando a trave, deixando entalado na garganta do botafoguenses mais um grito de gol. Só que um minuto depois o grito acabou saindo, só que do outro lado. De fora da área, Darwhan soltou a bomba, ainda contou com o desvio em Dick para vencer o goleiro Michel Alves e deixar o CSA na boa com o 2 a 1.

Depois de tanta agitação, o CSA conseguiu acalmar os ânimos. freou as investidas do Botafogo-PB e garantiu mais três pontos na tabela de classificação do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro, ficando na liderança da chave com 23 pontos, e dois à frente do vice-líder Fortaleza. O Belo, que agora acumula cinco derrotas consecutivas, é o sexto, com 14 pontos, e pode ficar perigosamente próximo da zona de rebaixamento com os jogos que complementam a rodada nesta segunda-feira.