Esportes


Schülle elogia a tabela Dico-Roger Gaúcho, mas critica má pontaria

Técnico do Belo reconhece qualidade da jogada que resultou no gol do time. 




Hévilla Wanderley/GloboEsporte.com/PB
Hévilla Wanderley/GloboEsporte.com/PB
Ao fim da partida, o técnico Itamar Schülle elogiou a tabela que resultou no gol relâmpago

Em confronto direto por um bom posicionamento dentro do G-4 do Grupo A da Série C, o Botafogo-PB até começou bem a partida contra o Sampaio Corrêa, nesse domingo, no Almeidão. Abriu o placar aos 2 minutos de jogo, após uma bonita jogada entre Dico e Roger Gaúcho. E criou várias opotunidades de balançar as redes mais vezes. Mas desperdiçou todas. Inclusive um pênalti. E tomou a virada, perdeu o duelo e, por pouco, não saiu da zona de classificação. Ao fim da partida, o técnico Itamar Schülle elogiou a tabela que resultou no gol relâmpago, mas, sobretudo, reclamou das chances desperdiçadas, lamentou os gols perdidos. "Tem que concluir em gol", repetia ele o tempo todo na entrevista coletiva. 

De fato, o Belo abusou de perder chances de gol. Mas, antes disso, logo no início da partida, sequer teve tempo de desperdiçar oportunidades. A bola rolou e, na primeira investida ofensiva, uma transação bem articulada entre Dico e Roger Gaúcho resultou no primeiro gol do jogo. Dico fez boa jogada individual, passou para Roger, que devolveu. Já dentro da área, o camisa 11 tocou no canto, balançou as redes e saiu para comemorar. Tabela bastante elogiada pelo treinador.

Leia mais no Globoesporte.com/pb