Esportes


Jogador mais velho do mundo chora com aposentadoria forçada

Seu Pedro, aos 68 anos, diz que tinha fôlego e bons exames para mais algum tempo.




A trajetória profissional do jogador mais velho do mundo vai ser interrompida de forma inesperada. O folclórico Pedro Ribeiro de Lima, o Pedro da Sorda, presidente e jogador da Perilima, foi proibido de atuar profissionalmente, segundo informação confirmada pelo presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues. Aos 68 anos, o jogador pretendia jogar a 2ª divisão do Campeonato Paraibano de 2017, mas acabou sendo informado de que estava “muito velho” para seguir na carreira profissional.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da CBF para comentar o caso, oficializou o pedido por e-mail (a pedido da própria entidade), mas não obteve respostas. Depois de publicada a reportagem, contudo, a CBF entrou em contato para negar o veto. E dizer que o Regulamento Geral de Competições (RGC) da entidade nacional não estipula uma idade máxima para jogadores profissionais.

"Não há no regulamento nada que fale em idade máxima de jogadores. Não existe um único artigo que fale sobre isso. Se o jogador não puder jogar por pendências do clube dele, é um outro problema, mas isso não tem nada a ver com a CBF", declarou Douglas Lunardi, diretor de comunicação da entidade.

Continue lendo no GloboEsporte.com/PB