Esportes

Hênio Galdino renuncia, e Treze convoca eleições presidenciais

Após a morte do então presidente Petrônio Gadelha, em março deste ano, Hênio comandava o clube à distância. 




O vice-presidente do Treze, Hênio Galdino - que assumiu o comando do clube em março deste ano após a morte do então presidente Petrônio Gadelha - renunciou ao cargo. Com isso, o Conselho Deliberativo do Alvinegro convocou novas eleições presidenciais para o dia 13 junho. Nessa data, os conselheiros do Galo vão eleger um presidente e um vice-presidente para encerrar o biênio 2017-2018 à frente do clube. As chapas podem ser inscritas no pleito até o dia 8 de junho.

Com a renúncia de Hênio Galdino, quem preside o Treze momentaneamente é Arthur Filho, que é o presidente do Conselho Deliberativo e foi o responsável pela convocação das novas eleições.

A chapa encabeçada que tinha Petrônio Gadelha como presidente e Hênio Galdino como vice foi eleta em novembro do ano passado e comandaria o Galo na atual temporada e encerraria sem mandato em 2018. Com a morte de Petrônio em março deste ano, Hênio assumiu a presidência, mas, desde então, argumentava que seria difícil seguir no comando, já que mora fora de Campina Grande. Com a sua renúncia, uma nova chapa vai ser eleita para comandar o clube até o fim do próximo ano.

Continue lendo no GloboEsporte.com/PB