Esportes

Governador sanciona Lei que cria “Dia do Treze Futebol Clube”

Fica instituído o dia 23 de maio como o “Dia do Treze”. 




Nyll Pereira/ALPB
Nyll Pereira/ALPB

O governador Ricardo Coutinho (PSB) sancionou a Lei Estadual 10.889/2017, que autoriza a criação do “Dia do Treze Futebol Clube”. A proposta, oriunda de projeto de Lei apresentado pelo deputado estadual Arthur Cunha Lima Filho (PRTB), foi aprovada pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) no último dia 3 de maio, data em que os trezeanos choraram a morte de Adelino Aquino Neto, um dos maiores artilheiros da história do clube.

De acordo com o texto da nova Lei, o dia 23 de maio fica instituído como o “Dia do Treze Futebol Clube” no Estado da Paraíba. Arthur Filho explica que foi nesta data, em 1913, que o futebolista Antônio Bióca, um dos fundadores do Treze, ficou marcado na história como a primeira pessoa a desembarcar em Campina Grande com uma bola de futebol.

A morte de um dos maiores artilheiros do clube, Adelino, acabou figurando apenas como uma coincidência, porém, a comoção gerada pelo falecimento do futebolista acabou contribuindo para aprovação da matéria.

O projeto entrou na pauta de votação pela primeira vez em 15 de fevereiro deste ano, quado Arthur Filho estava sem mandato. As críticas foram feitas, na época, pelos deputados Tião Gomes (PSL), Inácio Falcão (PTdoB), João Gonçalves (PDT) e Jeová Campos (PSB). Todos queriam a retirada do projeto de pauta. O socorro ao projeto foi feito pelos deputados Renato Gadelha (PSC) e, acreditem, por Daniella Ribeiro (PP), torcedora do Campinense. A matéria, então, foi retirada de pauta pelo presidente da Assembleia, Gervásio Maia (PSB), e recolocada agora de volta na pauta, após o retorno de Cunha Lima ao parlamento.