Esportes

Patrick minimiza os 15 pontos na testa e foca na final contra o Botafogo-PB

Jogador sofreu um corte feio na testa na disputa contra o Campinense.




A lembrança da classificação para a final do Campeonato Paraibano ainda está marcada no rosto do volante Patrick Mota, do Treze. No empate sem gols do último domingo (23), contra o Campinense – que garantiu o Galo na final do estadual, contra o Botafogo-PB –, o jogador sofreu um corte feio na testa, em uma trombada com um adversário. Seguiu em campo até o fim, e hoje, apesar dos 15 pontos na pele, o incidente já é coisa do passado. Patrick já está treinando e completamente focado na decisão contra o Belo, em duas partidas nos dois próximos domingos.

O lance que ocasionou o corte na testa de Patrick aconteceu aos 17 minutos do segundo tempo do Clássico dos Maiorais do último domingo. Em uma disputa de bola pelo alto, na intermediária do Galo, o volante trezeano subiu para cabecear e chocou a parte frontal da sua cabeça com a parte de trás da cabeça do atacante Jussimar, do Campinense. Os dois caíram, sangrando muito, e receberam atendimento médico ainda em campo.

O jogador da Raposa não conseguiu continuar no jogo e foi substituído. Já Patrick recebeu um curativo, colocou uma touca de natação e ficou na partida até o fim, numa demonstração de que está totalmente entregue à causa do Treze: conquistar o título do Campeonato Paraibano.

Leia a matéria completa no GloboEsporte.com/pb.