Esportes

Campinense surpreende e demite Sérgio China do comando do clube

Técnico deixa clube após 17 jogos, com 62% de aproveitamento.




Silas Batista/GloboEsporte.com
Silas Batista/GloboEsporte.com
Raposa ia bem nas duas competições que disputava, o Paraibano e a Copa do Nordeste

O Campinense surpreendeu a sua torcida e nesta quinta-feira demitiu o técnico Sérgio China, um dia depois do fim da primeira fase da Copa do Nordeste de 2017. O curioso é que a Raposa se classificou para o mata-mata da competição, mas nem isto segurou o treinador.
 
China chegou ao clube no dia 20 de janeiro, substituindo Paulo Foiani. Ele teve o mérito de tirar a Raposa da parte de baixo da tabela no Campeonato Paraibano e colocar o clube na vice-liderança do estadual. 
 
Estreou no Paraibano na quinta rodada, já no Clássico dos Maiorais, que terminou empatado em 1 a 1. Ao longo da competição local, foram 10 jogos disputados, sendo seis vitórias, três empates e uma derrota.
 
Já na Copa do Nordeste, trabalhou em todos os seis jogos do Rubro-Negro, classificando o clube em segundo lugar – mas com uma rodada de antecedência. Na competição regional, foram três vitórias, dois empates e uma derrota. Mal mesmo apenas na Copa do Brasil. O time perdeu da Ponte Preta por 2 a 0 e foi eliminado logo na primeira partida.
 
Leia na íntegra no GloboEsporte.com/pb.