Esportes

Treze paraibanos são convocados para os Jogos Parapan-Americanos

Evento vai acontecer em São Paulo, no período de 20 a 26 deste mês.




A Paraíba terá 13 representantes na delegação brasileira que irá disputar os Jogos Parapan-Americanos de Jovens, que vai acontecer em São Paulo, no período de 20 a 26 deste mês. O evento, destinado aos paratletas de até 19 anos, é organizado pelo Comitê Paralímpico Internacional e é realizado a cada quatro anos, contando com a participação de mais trinta países das Américas do Sul, Central e do Norte.

Pela convocação que aconteceu no sábado (4), na modalidade de goalball foram chamados: Dailton Freitas (técnico), Jonatas Castro (assistente) e os paratletas Renan Bezerra, Émerson Ernesto e Analice Lopes. No atletismo, estarão Joéferson Oliveira, José Matheus e Suênia Kelley, enquanto que na natação, o representante paraibano será Arthur Santos.

No futebol de 5, para deficientes visuais, o técnico Fábio Luiz e os jogadores Lucas Pereira e Jordan Soares. Já no futebol de 7, para os que tem paralisia cerebral, o professor Gilmar Araújo foi convocado como técnico observador. “Excelente o quantitativo de paraibanos que foram convocados para integrar a delegação brasileira nessa competição, que é a mais importante do continente americano”, disse Jean Azevedo, gerente executivo do para-desporto da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

“E o que é preciso destacar é que todos eles estão envolvidos diretamente nos Jogos Escolares e Paraescolares da Paraíba, seja competindo, ou na comissão técnica, mostrando que aqui na Paraíba, existe esse trabalho fortalecido, bem como o projeto Paraíba Paralímpica”, concluiu Azevedo.

O secretário Bruno Roberto, titular da Sejel, parabenizou os paraibanos e destacou o empenho do Governo do Estado. “Estão de parabéns os paraibanos que foram convocados para representar nosso Estado em mais uma competição internacional. Esse grande número tem a contribuição do Governo do Estado em manter vários programas e projetos destinados exclusivamente para o para-desporto como: os Jogos Escolares e Paraescolares, Paraíba Paralímpica, Jogos Paralímpicos Paraibanos, entre outros”, concluiu.