Esportes

Justiça reduz para 20% penhora do valor de ingressos do Treze

Penhora é para quitar uma dívida judicial do time, no valor de R$ 326 mil.




Os valores obtidos com as vendas dos ingressos das partidas entre os times do Treze e Botafogo, nesta quarta-feira (15), e Treze e Campinense no dia 26 de março vão ser penhorados pela Justiça em 20%, para pagamento de uma dívida judicial no valor de mais de R$ 326 mil, devido pelo Treze Futebol Clube. A penhora deverá ser executada por oficial de Justiça na Loja do Treze e no Estádio Presidente Vargas.

 
A decisão foi tomada monocraticamente, nesta quarta-feira, pelo desembargador José Ricardo Porto, ao apreciar uma ação impetrada pelo Treze Futebol Clube contra o mandato de penhora da 8ª Vara Cível de Campina Grande, que havia determinado o recolhimento de 100% da bilheteria nos dois jogos.
 
Em seu pedido, o Treze queria a suspensão da decisão do primeiro grau até que seja julgada uma ação anulatória, que tramita na Justiça, para desfazer um acordo firmado entre o ex-presidente do Clube e o beneficiário dos acordo Eduardo Sérgio Sousa Medeiros, que resultou na dívida de R$ 326.960,81 mil. Na ação, o clube de futebol afirma que “o acordo homologado judicialmente foi efetuado pelo antigo gestor do clube única e exclusivamente com o objetivo de inviabilizar” a atual gestão.
 
Continue lendo no GloboEsporte.com/PB