Esportes


Schülle elogia a entrada de Amarildo, mas não confirma volante na equipe

Grande atuação contra o Vitória pode ser um divisor de águas no Botafogo-PB.




Expedito Madruga/GloboEsporte.com/pb
Expedito Madruga/GloboEsporte.com/pb
"Amarildo fez uma grande partida, assim como todo o time", analisou Schülle

A grande atuação contra o Vitória pode ser um divisor de águas do Botafogo-PB na temporada. Se antes dessa partida o time não passava confiança para o torcedor, tudo mudou depois da goleada de 4 a 2 pela Copa do Nordeste. Então, seria normal apostar na manutenção do esquema com três zagueiros e dois volantes, certo?

 
Nada disso. Apesar de elogiar muito o time, o técnico Itamar Schülle não deu pistas se essa formação será utilizada na partida de quarta-feira contra o São Francisco-PA, na estreia da Copa do Brasil. O treinador falou principalmente sobre Amarildo, que vinha sendo muito questionado pela torcida, e foi um dos destaques da partida contra o Vitória.
 
- A presença do Amarildo contra o Vitória foi basicamente porque eles tinham dois meias e eu precisava de dois volantes. Em times que jogam com apenas um meia, não posso escalar dois volantes, pois aí fico sem saída de bola. Mas o importante é que o Amarildo fez uma grande partida, assim como todo o time do Botafogo - frisou Itamar Schülle.
 
Continue lendo no GloboEsporte.com/pb.