Esportes


Campinense tem 1º semestre incrível, mas perde acesso

Primeiro semestre do Campinense tem título estadual e final do Nordeste.




Silas Batista / GloboEsporte.com/pb
Silas Batista / GloboEsporte.com/pb
Capitão Glédson levanta o troféu de campeão paraibano

Foi com o pé direito que o Campinense começou a temporada de 2016. De início, levou o título paraibano em cima do Botafogo-PB e fez uma incrível campanha na Copa do Nordeste, chegando à final do torneio regional. Mas, com o fim do primeiro semestre e o desmonte pelo qual o time passou, a segunda parte do ano não foi das melhores, e a equipe acabou sendo eliminada da Série D do Brasileiro na terceira fase. A Raposa também teve uma participação discreta na Copa do Brasil.

 
Arrasador. Este foi o Campinense no Campeonato Paraibano. Depois de vencer a competição em 2015, o time chegava mais uma vez como favorito, principalmente porque tinha mantido o elenco do ano anterior e estava mais entrosado do que os principais rivais, como o Botafogo-PB e Treze, que começavam do zero.
 
E liderado dentro de campo pelo atacante Rodrigão, artilheiro da competição com 9 gols, o Campinense quase foi campeão invicto. Foram 15 jogos sem perder até chegar à final contra o Botafogo-PB e levar de 1 a 0 no Estádio Amigão na última partida do certame. Mas como a primeira partida tinha sido 3 a 2 para a Raposa, em João Pessoa, o título foi para Campina Grande pelo segundo ano consecutivo.
 
Continue lendo a retrospectiva 2016 do Campinense no GloboEsporte.com/PB