Esportes

Chape: Follmann chega ao Brasil e Neto fica sabendo do acidente

Goleiro pousou em São Paulo nesta terça (13). Neto segue internado na Colômbia.




Divulgação/Montagem
Divulgação/Montagem
Acidente com voo da Chapecoense vitimou 71 pessoas, entre jogadores, comissão técnica, jornalistas e tripulantes

Duas semanas após o acidente aéreo com o time da Chapecoense nos entornos de Medellín, na Colômbia, o goleiro Jackson Follmann e o zagueiro Neto tem sentimentos diferentes em suas recuperações. Follmann foi o primeiro dos sobreviventes a chegar ao Brasil, e se sentiu aliviado ao pousar no país nesta terça-feira (13), segundo o ortopedista da Chapecoense, Marcos Nagli. Já Neto, que ainda se recupera em um hospital colombiano, foi informado apenas na segunda-feira (12) sobre o acidente - que até então ele não sabia.

O voo que trouxe o goleiro Follmann deixou Medellín na tarde de segunda-feira (12) e fez uma escala em Manaus às 20h30, chegando a São Paulo já na madrugada desta terça-feira (13). "Ele não tinha expressão. A única coisa que eu vi foi que ele soltou o ar. Ele estava segurando na hora do pouso e, quandou pousou, ele soltou um pouco o ar. Então, sem dúvida, uma sensação de alívio", afirma Nagli. Segundo o médico, o goleiro ficou acordado durante todo o trajeto.

Sobre Neto, o jogador ficou muito emocionado quando soube do acidente. "Nós falamos com ele sobre o acidente, ele não sabia. Em comum acordo com a equipe médica do hospital, para que não houvesse nenhum na recuperação clínica e no estado emocional dele. junto com a psicóloga, falamos com ele hoje. No início, ele ficou muito emocionado porque não sabia, mas ele é muito forte e entendeu", disse o médico Carlos Mendonça, ortopedista da Chapecoense, em entrevista coletiva.

Follmann, de 24 anos, teve parte da perna direita amputada e irá seguir tratamento no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital. Ele chegou ao hospital cerca de 1 hora após seu avião pousar em São Paulo. Neto, de 31 anos. vai seguir internado no hospital colombiano, tratando suas lesões, e uma fratura numa vértebra da região lombar.