Esportes

Victor Ferraz posta homenagens a amigos mortos no voo da Chape

Lateral do Santos era amigo de Dener Assunção, Sergio Manoel e Gil.



O paraibano Victor Ferraz foi um dos jogadores do Santos que mais sentiu o acidente do voo da Chapecoense, que resultou na morte de 71 pessoas e deixou outras seis feridas.

O lateral-direito tinha três amigos no elenco catarinense: Dener Assunção, Sergio Manoel e Gil, que foram seus companheiros no Coritiba. Ainda "sem a ficha cair", o jogador fez um texto para homenagear cada um em seu Instagram.

A publicação começa com o relato de quando soube da notícia e o impacto. "Sinceramente minha ficha ainda não caiu! Desde o momento da ligação da minha mãe me acordando com essa triste notícia até agora, ainda não acredito. Dentre todos os companheiros de trabalho que faleceram, haviam 3 amigos".

Confira as homenagens de Victor Ferraz para os atletas Dener Assunção, Gil e Sérgio Manoel:

Dener Assunção
Tivemos pouco tempo de convivência, mas esse pouco tempo fez nascer uma amizade de bastante respeito e admiração! Após alguns meses saí do Coritiba e viramos adversários dentro de campo. Por sermos laterais opostos, nos enfrentamos muitas vezes, e independentemente de quem vencia o jogo, no fim havia aquele abraço de admiração, porque o "combate" sempre era difícil.

"Irmão, você está jogando demais, que Jesus abençoe sua vida e boa sorte nessa Sul-Americana". Foram minhas últimas palavras para o Dener, após o nosso jogo na Arena Condá (em 23 de outubro deste ano).

Gil
"Eles se completam dentro de campo" foram as palavras do [técnico] Marquinhos Santos depois de vencermos um jogo no Couto Pereira em 2013. Ele se referia a nossa parceria pelo lado direito do campo.

Rodei o Brasil e nunca vi alguém não gostar do Gil. Querido por todos, brincalhão, humilde, guerreiro, são algumas das qualidades desse cara, que vai fazer falta demais. Há pouco tempo peguei meu celular pra escutar nossas últimas "resenhas" por áudio. Muita risada, muita alegria, e é com essa lembrança que fico, meu amigo! Sei que você era servo de Jesus e um dia nos reencontraremos no céu!

Sergio Manoel
Ah meu amigo, que falta você vai fazer! O "panturrilha de nós todos", como eu costumava chamar, foi um grande parceiro.

Meu pato no vídeo game, tenho tantas dos almoços na casa da sua mãe, viagem doida nossa de Curitiba pra São Paulo de carro pra voltar no outro dia e muito mais. Tu era muito guerreiro, era inspiração pra mim. Se recuperou de tantas cirurgias no joelho, sempre sorrindo, sempre na resenha...

Deus permitiu que na última vez que nos enfrentássemos, também a última vez que nos vimos, fôssemos sorteados juntos no dopping! Poxa, irmão, tivemos mais minutos de resenha deu para tirar essa foto que eu vou guardar pra sempre.

Já estou com saudade, irmão. Vou estar sempre em oração por sua mãe e irmão. Um dia estaremos juntos no céu. Abraço, Panturra.

Leia no GloboEsporte.com.