Esportes

Paraibano fanático pelo Palmeiras batiza filha com nome do clube

Mãe da menina era flamenguista e virou a casaca por influencia do marido. 



Ele tinha apenas seis anos em 1994. Nem de São Paulo ele é. E não tem lembranças daquele 18 de dezembro, quando o Palmeiras foi campeão brasileiro pela última vez. Não importa. O paraibano Thiago Cavalcanti é um autêntico palmeirense. Fanático. Apaixonado.

Casado com Mariana, outra palmeirense fervorosa (na verdade, uma ex-flamenguista, que virou a casaca por influência do marido). Ambos vão estar na capital paulista neste domingo para o que promete ser o fim do jejum de 22 anos sem título do Brasileirão. Prometem se emocionar. Prometem se arrepiar.

E durante o título eles certamente vão lembrar da filhinha de apenas cinco meses de vida. Por ser muito nova, ela vai ficar com os avós em João Pessoa e não vai estar na arena do Verdão para o jogo contra a Chapecoense. Mas a menina já tem uma profunda ligação com o clube do coração de seu pai e de sua mãe.

O nome dela? "Palmeiras, prazer". Lívia Camilo Palmeiras, mais precisamente. Batizada desta forma com o único propósito de extravasar uma paixão que parece não ter limites.

Leia a matéria completa em no Globoesporte.com/pb.