Esportes

Rafaela Silva sonha ter irmã ao lado em Tóquio 2020

Campeã olímpica da categoria até 57kg comemora ressurgimento na carreira da irmã.



Embaixadora dos Jogos Escolares, evento que reúne atletas entre 15 e 17 anos em João Pessoa (PB), Rafaela Silva acompanhou atentamente o primeiro dia de finais do judô na sexta-feira. Os olhos ficaram ainda mais focados quando Milena, irmã da judoca da seleção Mariana Silva, estava no tatame. Ela passava, por celular, todas as informações do combate para a amiga.

Rafaela sabe da importância que uma irmã tem na vida de qualquer pessoa. Rafaela, 24, é mais nova que sua irmã Raquel, 27, que já foi titular da seleção nas categorias de base, mas por conta de uma série de problemas, ficou longe da equipe por muito tempo.

"Com certeza ela vai brigar para ser titular da seleção brasileira. Na categoria dela tem a Érika (quinta colocada na Rio 2016), a Sarah (campeã olímpica em 2012, mas que subiu de peso), além de outras, atletas jovens que estão subindo. O que eu puder fazer para ajudar minha irmã para ela estar em Tóquio comigo, eu vou fazer. Vou ajudá-la", disse Rafaela.
 

Leia a matéria completa no GloboEsporte.com/pb.