Esportes

Da derrocada ao sucesso: Michel Alves ressurge no futebol

Goleiro do Botafogo-PB fala sobre o atual momento de sua carreira.



Lucas Barros / GloboEsporte.com
Lucas Barros / GloboEsporte.com
Menos de um ano depois de ter chegado a João Pessoa, Michel Alves foi um dos sete jogadores que teve seu contrato renovado pelo clube paraibano.

O futebol redime. Para isso, é preciso muita força de vontade e ao menos uma nova oportunidade. Precisa querer. Buscar. Arriscar-se. Michel Alves fez tudo isto. E foi no Botafogo-PB que o goleiro encontrou a chance de dar a volta por cima e se reencontrar com um esporte que ele quase abandona. Foi no Belo que ele pôde voltar a entrar em campo e ter - e sentir - a confiança do seu treinador. O apoio de sua torcida. Justamente depois de viver o pior momento da sua carreira no Vasco. Eis os fatos. Logo após o rebaixamento do clube carioca em 2013, começava o drama do goleiro, que ficou parado por quase dois anos até a sua contratação pelo Belo em dezembro de 2015. Chegou como dúvida e se firmou como unanimidade.

 
Menos de um ano depois de ter chegado a João Pessoa, Michel Alves foi um dos sete jogadores que teve seu contrato renovado pelo clube paraibano para a próxima temporada. Não era para menos, até porque ele é um dos homens de confiança do treinador Itamar Schülle e foi o único do elenco alvinegro a jogar todos as partidas de 2016, um total de 50 jogos. 
 
Foram 16 partidas pelo Campeonato Paraibano, seis pela Copa do Nordeste, oito pela Copa do Brasil e 20 pela Série C do Brasileiro. Nestes 50 jogos, o goleiro levou 40 gols, numa média de 0,8 por jogo. 
 
Leia mais sobre a trajetória de Michel Alves no GloboEsporte.com/pb