Esportes

Preso por atrasar pensão, Fábio Bilica dorme na carceragem da polícia

Jogador vai passar por audiência de custódia. Ele tem um histórico de polêmicas e prisões.



O jogador de futebol paraibano Fábio Bilica, de 37 anos, dormiu na carceragem da Central de Polícia de João Pessoa. Detido na tarde de segunda-feira (24), em Cabedelo, por não pagar pensão alimentícia, ele seguia preso na manhã desta terça-feira (25). Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Seds), o atleta vai passar por uma audiência de custódia nesta tarde.

Segundo informações da polícia, o advogado relatou que a quantia devida foi depositada ainda na segunda-feira e aguarda o trâmite judicial para liberação do atleta. O valor em atraso seria de pouco mais de R$ 17 mil.

Bilica tem um histórico de polêmica e prisões. Em 2009 e no final de 2015, ele já havia sido preso pelo mesmo motivo. Na época da última prisão, que ocorreu na cidade de Araçagi, um mandado de prisão foi expedido alegando que ele devia R$ 16 mil de pensão alimentícia. No ano de 2013, ele foi preso suspeito de estuprar uma vizinha, que tem casa em Intermares, em Cabedelo

Atualmente sem clube, o paraibano Fábio Alves da Silva, que atuou pela seleção brasileira sub-23 nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2000, já passou por times como Grêmio, Fenerbahçe e Elazigspor, da Turquia, entre outros da Europa.