Esportes

Após repercussão sobre declaração, Pio diz ter se confundido

No áudio, disponibilizado pela assessoria do Fortaleza, ele diz que foi um "mal entendido".



Pio Treino Fortaleza em Teresina (Foto: Renan Morais)Após a repercussão da declaração de que "alguém" de dentro de clube teria pedido para que o Fortaleza perdesse para o Botafogo-PB, na última rodada da fase classificatória da Série C do Campeonato Brasileiro, o volante Pio gravou áudio se retratando. Ao programa "Trem Bala", da TV O POVO, o jogador disse que o objetivo de entregar a partida era não cruzar com o Juventude, nas quartas de final. O time acabou empatando e sendo, posteriormente, eliminado pelo time gaúcho.

No áudio, disponibilizado pela assessoria de imprensa do Fortaleza, Pio diz que foi gerado um "mal entendido". E que não havia dito que a diretoria havia pedido para que os jogadores perdessem o jogo contra o Belo. E que achava que a pergunta se referia a torcedores ligados ao clube.

De fato, Pio não cita, em momento algum o termo "diretoria", ao responder se "alguém de dentro do clube" havia pedido para que o Leão perdesse para o Botafogo-PB, na Série C. No entanto, em seguida, ele exime o presidente Jorge Mota e o técnico Marquinhos Santos de estarem envolvidos, fazendo alusão não a torcedores, mas sim, à diretoria e à comissão técnica.

Continue lendo no GloboEsporte.com/pb.