Esportes

Remanescente para 2017, Marcinho quer o Belo mais forte próximo ano

 Meia prevê um ano ainda melhor para o Belo e diz que o acesso à Série B é um objetivo permanente.



Ele vestiu a camisa 10 do Botafogo-PB ao longo desta temporada, sendo um dos principais responsáveis pela armação das jogadas ofensivas do time e tendo presença praticamente certa entre os titulares do técnico Itamar Schülle. Esse é Marcinho, um dos três jogadores com quem a diretoria alvinegra já renovou contrato para 2017. Remanescente, ele prevê um ano ainda melhor para o Belo, lembra o baque com a derrota para o Boa Esporte aos 50 do segundo tempo e cita o acesso à Série B como permanente objetivo do clube.

 
Marcinho está de férias. Foi para a cidade de Jatobá, no interior de Pernambuco, rever familiares e amigos. Antes de viajar, no entanto, falou sobre a renovação do seu contrato e sobre os planos para o futuro no Botafogo-PB.
 
"Para mim, é uma alegria imensa continuar aqui. Eu já conhecia João Pessoa, tenho amigos aqui, minha esposa também gosta daqui. Fico feliz de o Botafogo ter acreditado em mim. Espero que 2017 seja melhor que este ano, que foi muito bom, mas eu estou pensando alto e, no ano que vem, vamos dar o máximo para colocar o Belo na Série B", comentou o meia.
 
De fato, 2016 foi um ano de bons resultados no Belo, mesmo que o time tenha terminado a temporada sem título e sem conquistar o acesso à Série B. A não ser pela má campanha na Copa do Nordeste, quando o time sequer passou da fase de grupos, o Alvinegro foi bem nas demais competições: foi vice-campeão paraibano; conseguiu o feito inédito de chegar às oitavas de final da Copa do Brasil, sendo eliminado apenas pelo Palmeiras, líder da Série A do Brasileiro; e, na Série C, só caiu no jogo do acesso.
 
Leia mais sobre a renovação de Marcinho com o Botafogo-PB no GloboEsporte.com