Esportes

B de Bravura: zaga do Belo é a melhor do clube na história da nova Série C

A força de um time que avança graças principalmente à sua defesa.



Desde que foi campeão da Série D do Brasileirão de 2013 e começou a jogar a terceira divisão nacional a partir do ano seguinte, o sonho e principal objetivo do Botafogo-PB sempre foi chegar à Série B. O time lutava, buscava as oportunidades, chegava perto, mas na hora decisiva perdia a classificação para o mata-mata da Série C. Em 2014 e em 2015, contudo, o problema crônico foi a defesa, que errava muito em momentos chaves e isto sempre atrapalhava os projetos do clube. O time em 2014 sofreu 19 gols em 18 jogos, uma média superior a um gol por jogo. Em 2015, o problema foi ainda pior: 30 gols sofridos em 18 jogos e a terceira pior defesa da competição nacional. Mas, agora em 2016, tudo mudou. O Belo é um novo clube hoje em dia. Bem mais competitivo. Bem mais forte. Bem mais aguerrido. E esta força começa justamente na bravura e empenho de sua zaga. Na segurança de Marcelo Xavier, por exemplo, o zagueiro que mais atuou como titular pelo time botafoguense na competição.

Foram apenas 13 gols sofridos. Média de 0,72 gols por jogo. Destes, apenas quatro foram sofridos em casa. É disparado o melhor desempenho da equipe pessoense nestes três anos de Série C. E não à toa, a primeira vez que o clube consegue chegar às quartas de final do campeonato.

 

Continue lendo no GloboEsporte.com/pb