Esportes

Campinense há cinco anos com frustrações tentando voltar à Série C

Duas últimas eliminações foram traumáticas para o torcedor raposeiro, ambas nos pênaltis.



Silas Batista
Silas Batista
Em 2013 o clube de Campina Grande não conseguiu se classificar para o campeonato brasileiro

Desde 2011, quando foi rebaixado da Série C do Campeonato Brasileiro, o Campinense vem vivendo um verdadeiro pesadelo na quarta divisão nacional. Nos anos seguintes, em 2012, 2014, 2015 e 2016 - a exceção é 2013, ano que o clube nem se classificou para a Série D - a Raposa vem deixando temporada após temporada escapar o tão desejado acesso, que lhe garantiria calendário por todo o ano. Para piorar, as duas últimas eliminações acabaram sendo bastante traumáticas para o torcedor raposeiro, já que foi nos pênaltis.

Em 2012, na primeira vez que disputou a Série D do Campeonato Brasileiro, a Raposa chegou às quartas de final, justo o duelo do acesso. Enfrentou o Baraúnas, do Rio Grande do Norte. Empatou em casa por 1 a 1 e acabou derrotado fora de casa por 2 a 0. Alguns detalhes tornam tudo mais dramático. Primeiro, o Campinense teve a oportunidade de liquidar o confronto no Estádio Amigão, já que a equipe desperdiçou inúmeras chances de gol, muitas delas por conta da intervenção do goleiro Érico. Outro fato é que o Baraúnas foi o grande algoz daquele ano. Na fase de grupos, foi do mesmo Grupo A3 do Campinense e se classificou em primeiro lugar. Nas oitavas de final eliminou o Sousa e nas quartas a Raposa. Para piorar, os gols da equipe potiguar foram marcados por Alvinho e Adalgisio Pitbull, dois nomes que mais recentemente defenderam as cores do Rubro-Negro.

Continue lendo no GloboEsporte.com/pb.