Esportes

FPF mantém início da segunda divisão do Paraibano para o dia 21

Cruzeiro-PB e Serrano-PB estão fora por terem pendências com a União. Com isso, times do Agreste e do Sertão já estão classificados para o mata-mata.



Após uma semana de impasses, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) confirmou nesta quinta-feira que o Cruzeiro de Itaporanga e o Serrano-PB estão fora da 2ª divisão do Campeonato Paraibano, já que apresentam pendências com a União. A competição, assim, vai contar apenas com nove clubes, mas o início dos jogos está mantido para o próximo dia 21 de agosto. Com as saídas dessas duas equipes, os dois times restantes do Grupo do Agreste e os três que sobraram no do Sertão já estão automaticamente classificados para o mata-mata.

Desde o início da semana passada, pairava sobre a competição a incerteza sobre quais clubes estariam aptos a entrar efetivamente na disputa. No último dia 1º, todos os clubes entregaram à FPF uma compilação de documentos na intenção de comprovar ausência de débitos com a União e regularidade quanto às obrigações trabalhistas. A FPF, por sua vez, repassou esses documentos ao Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB) para uma análise minuciosa. Após a avaliação do TJD-PB, o departamento jurídico da Federação reanalisou a documentação dos clubes e, nesta quinta-feira, confirmou que Cruzeiro-PB e Serrano-PB não estão regulares e, portanto, estão excluídos da competição.

Assim, a nova configuração da competição tem o Grupo do Litoral com quatro times - Femar, Internacional-PB, Miramar de Cabedelo e Spartax -, o do Agreste com apenas dois - Lucena e Sport Campina - e o do Sertão com três - Nacional de Patos, Nacional de Pombal e Sabugy. O regulamento permanece o mesmo, com oito times avançando para a segunda fase: os três primeiros colocados do Litoral; os dois primeiros (e únicos) do Agreste; e os três primeiros (e únicos) do Sertão.

Veja a configuração completa no GloboEsporte.com/pb