Esportes

Fonte Nova teve venda irregular de ingressos e maior público de jogos

Apesar do público, Brasil x Dinamarca não registrou situações graves.  



A venda irregular de ingressos continua sendo a principal ocorrência nas imediações da Arena Fonte Nova, em Salvador, durante as partidas de futebol pela Olimpíada Rio 2016. Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP), a partida entre Brasil e Dinamarca, na quarta-feira (10), registrou o maior número de pessoas de todos os jogos da competição e não registrou situações graves ou de violência.

Doze ingressos foram apreendidos com quatro pessoas – já liberadas – que tentavam vender as entradas de forma ilegal, prática conhecida como “cambismo”. Além disso, três furtos foram registrados nas duas partidas de ontem.

Todas as operações são coordenadas e centralizadas no Centro de Operações e Inteligência da SSP e no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR). Quase 4 mil agentes das polícias Federal, Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros fazem parte do esquema de segurança nos Jogos Olimpicos em Salvador.

Além disso, militares das Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica – dão suporte na segurança, na capital baiana, sobretudo nos deslocamentos das delegações competidoras, entre os hoteis e os locais de treinamento e jogos.

Amanhã (12), a Arena Fonte Nova recebe mais uma partida pelos Jogos Olímpicos: Alemanha e China duelam pela medalha olímpica do futebol feminino, às 16h.