Esportes

Confira a agenda de estreia dos paraibanos na Olímpiada do Rio

Paraíba tem seis representantes. Douglas e Mayssa são favoritos ao pódio.



Montagem/Jornal da Paraíba
Montagem/Jornal da Paraíba
Ciclista Kleber Ramos é primeiro a disputar uma medalha, já que no Ciclismo o resultado sai no dia da prova

Seis atletas paraibanos vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Douglas Santos, no futebol, e Mayssa  Pessoa, no handebol, são vistos como as chances mais concretas de conquistarem medalha.

O primeiro paraibano a disputar a Olímpiadas é Douglas Santos. A competição do futebol tem início antes mesmo da abertura oficial, pois os atletas do futebol precisam de um tempo de recuperação - de 72 horas - para realizar outra partida, com isso não haveria tempo para todas as partidas no prazo da realização normal dos Jogos. O lateral-esquedo entra em campo nesta quinta-feira (4), quando a Seleção Brasileira vai enfrentar a África do Sul, em Brasília.

Confira a agenda da estreia de todos os paraibanos:

DIA 4 DE AGOSTO, QUINTA-FEIRA
Douglas Santos - É a largada do futebol masculino na Olimpíada. O lateral Douglas Santos, titular absoluto do time de Rogério Micale, entra em campo contra a África do Sul no primeiro dos seis jogos que separam a Seleção Brasileira do inédito ouro olímpico. O jogo acontece às 16 horas, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília

DIA 6 DE AGOSTO, SÁBADO
Mayssa Pessoa - Mais uma estreia muito aguardada pelos paraibanos. Mayssa Pessoa estreia com a seleção de handebol na partida contra a Noruega. O jogo acontece às 9h30, na Arena do Futuro. O Brasil vem se tornando uma potência na modalidade, com destaque para o título mundial de 2013, e as medalhas de ouro nas últimas cinco edições dos Jogos Pan-Americanos.

Kléber Ramos - No mesmo dia da estreia do handebol, também entra em cena o ciclista Kléber Ramos. Embora com chances remotas, é o primeiro paraibano que vai disputar uma prova valendo medalha, já que o ciclismo de estrada se resolve já no sábado no Forte Copacabana.

DIA 8 DE AGOSTO, SEGUNDA-FEIRA
Kaio Márcio - O dia é de estreia para o quarto paraibano na Olimpíada do Rio. O nadador Kaio Márcio vai para a quarta participação em Jogos, desta vez sem grandes expectativas. A classificação para competir já foi uma grande façanha para quem passou o ciclo olímpico praticamente afastado das competições internacionais - chegou até a anunciar o fim da carreira depois de Londres-2012.

DIA 13 DE AGOSTO, SÁBADO

Jailma Sales - A paraibana de Taperoá estreia em sua terceira Olimpíada. E tenta realizar o sonho de chegar a uma final, o que não será tarefa das mais simples. Chegou perto em Pequim-2008, quando parou nas semifinais e terminou numa comemorada 13ª colocação. No Rio, ela chega mais experiente. Vem de bons resultados este ano, como o vice-campeonato no Troféu Brasil, quando fez o tempo de 52s40; e principalmente o título no Campeonato Ibero-Americano, quando fez o tempo de 51s99, que lhe valeu o índice olímpico. A melhor marca de Jailma, no entanto, é 51s66, no Grand Prix de São Paulo, em 2011.

DIA 15 DE AGOSTO, SEGUNDA-FEIRA

Andressa Morais - Depois de duas semanas de espera, finalmente Andressa Morais estreia na Olimpíada do Rio. Evidentemente, o Brasil está longe de ser favorito no lançamento do disco. Ainda assim, a paraibana promete fazer bonito, e se possível, superar a sua melhor marca pessoal, que é de 64,21m, obtida no Campeonato Ibero-Americano de 2012, em Barquisimeto, na Venezuela. Até hoje essa marca é o recorde sul-americano da prova.