Esportes

Campinense sofre com a falta de gols dos atacantes e Moroni avalia opções

Júnior Chicão e Reginaldo Júnior foram os titulares no domingo.



júnior chicão, campinense, atacante (Foto: Divulgação / Campinense)O Campinense conseguiu nesse fim de semana a classificação para a próxima fase da Série D do Campeonato Brasileiro, mas um aspecto que chamou a atenção na partida contra o Globo FC foi, novamente, a falta de gols do ataque raposeiro. Mais uma vez, o setor ofensivo, que teve Júnior Chicão e Reginaldo Júnior como titulares, passou em branco, e a passagem para a sequência da competição nacional só veio porque no jogo de ida, realizado no Estádio Amigão, em Campina Grande, a Raposa tinha vencido por 2 a 1.

Um dos principais questionamentos dos raposeiros, apesar da euforia pela classificação para as oitavas de final, é com relação à insistência do treinador Paulo Moroni em manter tanto Chicão quanto Reginaldo Júnior, entre os titulares. A situação de Júnior Chicão é mais complicada ainda, porque o camisa 9 ainda não conseguiu, embora tenha feito algumas partidas boas, marcar gols pelo Rubro-Negro.

Leia a matéria na íntegra no GloboEsporte.com/pb.