Esportes

TRT condena Belo a pagar R$ 167 mil a Roberto Dias, mas clube vai recorrer

Desembargador diz que direito de imagem tem que vir incorporado no salário.



Reprodução
Reprodução
Decisão cabe recurso ao Tribunal Superior do Trabalho

Em decisão de segunda instância, o desembargador Paulo Maia Filho, do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região deferiu parcialmente o recurso da defesa do zagueiro Roberto Dias e condenou o Botafogo-PB a pagar um valor total de R$ R$ 167.225,29 ao jogador. A decisão cabe recurso ao Tribunal Superior do Trabalho. O Belo, inclusive, já disse que vai recorrer. E pondera que, dentro do valor total pedido pelo jogador, o valor definido pelo juiz pode ser considerado uma vitória para o clube.

Dias foi contratado pelo Botafogo no fim de 2014 para jogar a temporada de 2015 para ser um dos pilares da defesa do time que disputaria a Copa do Nordeste. Naquele ano, porém, a campanha do Belo na competição não foi boa e o rendimento do zagueiro considerado abaixo do esperado. Pouco utilizado pelo então técnico Marcelo Vilar, o jogador acabou afastado pela diretoria do clube e colocado para treinar em separado ao resto do grupo.

Leia a matéria completa no GloboEsporte.com/pb.