Esportes

Goleiro Bruno se casa com dentista em unidade prisional

Jogador foi condenado a 22 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio.  



 

O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, que cumpre pena pelo assassinato de Eliza Samudio, oficializou no último sábado (18) o casamento com a dentista Ingrid Calheiros, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A cerimônia foi realizada na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), onde o atleta está preso desde setembro do ano passado.

 

Bruno foi condenado pela Justiça mineira a 22 anos e três meses de prisão pela morte e ocultação do cadáver da ex-amante, além do sequestro do filho da jovem. Além de Bruno, outras cinco pessoas foram condenadas pela morte de Eliza.

Segundo o advogado Lúcio Adolfo, houve tanto o casamento civil quanto o casamento religioso. Ele contou que a cerimônia foi celebrada por uma pastora.

Após a cerimônia, foi servido um almoço, preparado na unidade com a ajuda dos recuperandos. O casamento ainda contou com uma banda de louvor durante a celebração.

Desde o julgamento de Bruno, ocorrido em 2013, Ingrid já se apresentava como mulher do goleiro.

Na época do assassinato de Eliza Samudio, em 2010, o goleiro era casado com Dayanne Rodrigues, de quem se separou após o crime. Ela também respondeu pela acusação de sequestro e cárcere privado do filho de Bruno com Eliza Samudio, mas foi absolvida.