Esportes

Pelé recebe mais alta condecoração do Comitê Olímpico Internacional

Ex-jogador de futebol recebeu a comenda da Ordem Olímpica.



Considerado o melhor atleta do século XX, Pelé entrou para a família olímpica na última semana. Em cerimônia realizada em Santos na quitna-feira (16) com a presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, e do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Carlos Arthur Nuzman, o ex-jogador de futebol recebeu a comenda da Ordem Olímpica. A homenagem foi uma iniciativa do COB e do COI.

“A ordem olímpica é a mais alta honraria que o COI entrega às pessoas. Representa reconhecimento por atuação acima de qualquer categoria. É a honraria máxima para aqueles que dedicaram sua vida ao esporte”, disse Bach. “Tudo o que o Pelé fez dentro e fora do esporte foi para valorizar o esporte internacional. Toda vez que ele se manifesta renova os valores olímpicos: excelência, amizade e respeito”, completou.

Em seu discurso, Nuzman destacou a importância de Pelé para o Brasil e para o esporte. “Pelé é o símbolo do Brasil, da juventude, dos exemplos. Ele é sinônimo não só de Brasil, mas do esporte brasileiro”, disse Nuzman durante a cerimônia.

Pelé, que nunca disputou um edição dos Jogos Olímpicos, é o terceiro brasileiro a receber tal homenagem, juntamente com a ex-nadadora Maria Lenk e o ex-atleta Adhemar Ferreira da Silva.

“Eu virei jogador muito cedo e, naquela época, o atleta profissional não podia disputar os Jogos. Então, costumo brincar que o Brasil só não ganhou a medalha de ouro no futebol porque eu não joguei”, brincou Pelé.