Esportes

Com vice-campeonato, Itamar Schülle repete feito de seis anos atrás

Treinador também foi vice-campeão na primeira passagem pelo Belo, em 2010, quando o Treze foi campeão.



Amauri Aquino
Amauri Aquino
Apesar de perder o título, o técnico segue em alta na Maravilha do Contorno

 A vitória do Botafogo-PB sobre o Campinense na noite da última quarta-feira não garantiu o título do Campeonato Paraibano, mas o treinador Itamar Schülle repetiu o feito de seis anos atrás, quando foi vice-campeão paraibano na primeira vez em que passou pelo comando do Belo. Apesar de perder o título, o técnico segue em alta na Maravilha do Contorno.

Agora em sua segunda passagem no comando do Botafogo, Itamar Schülle repete o feito do ano de 2010, quando terminou o Paraibano como vice-campeão. Naquele ano, o técnico assumiu a equipe no decorrer do estadual e ainda conseguiu classificar o Belo para o quadrangular final, mas não superou o Treze que acabou com o título. Ele substituiu o técnico Argeu Santos e comandou o time em 16 partidas.

Continue lendo no GloboEsporte.com/pb.