Esportes

Warley vê lado positivo de classificação suada do Botafogo na Copa do Brasil

Atacante lembra que dificuldade contra o Linense ajuda a dar identidade ao time.



 


Todo mundo esperava uma grande vitória, uma exibição convincente e uma classificação sem grandes percalços. Ao invés disso, o empate por 1 a 1 com o Linense, na última quarta-feira, levou a decisão da vaga para a segunda fase na Copa do Brasil para uma dramática disputa por pênaltis. O Belo finalmente venceu, 6 a 5, e até encontrou um lado positivo do sufoco que passou.
Para o atacante Warley, autor do gol do empate no tempo normal, o drama serviu para "amadurecer" a relação com o torcedor.

"Já vivi grandes épocas aqui, participei de grandes times. E todos eles tiveram jogos como esse (contra o Linense), jogos de superação, de entrega... Acho que isso serve para dar identidade a esse grupo com o torcedor", avaliou W9, que também deixou o seu na cobrança por pênaltis.

Na partida, o Linense saiu vencendo, o que fez o torcedor temer a vaga na Copa do Brasil. Só após a entrada de Warley, aos 23 minutos do segundo tempo, é que saiu o empate - marcado aos 34.
As substituições, aliás, foram um capítulo à parte na classificação botafoguense. No intervalo,  Itamar Schülle já havia trocado Marcinho por Jó Boy. Depois, entraram Warley e Janeudo, nas vagas de Carlinhos e Gedeil. O treinador desabafou após a vitória nos pênaltis.

"Nunca abdicamos do nosso direito de atacar, de buscar a vitória. Não jogamos pelo empate nunca. Tinha a opção de colocar um defensor a mais quando o jogo estava 0 a 0, mas procuramos sempre a vitória. Acho que isso (a classificação) foi um prêmio pela coragem que tivemos", avaliou.

O Botafogo agora aguarda o vencedor de Goiás e River,  para saber quem será o próximo adversário na Copa do Brasil. Antes disso, o time volta as atenções para o Campeonato Paraibano. No domingo, o Belo faz o primeiro duelo do mata-mata contra o Sousa, no Marizão.