Esportes

Sorteio coloca Salgueiro no caminho do Campinense na Copa do NE

Caso passe do Carcará, Raposa pega na semi o vencedor do confronto entre Sport e CRB.



Já estão definidos os confrontos das quartas de final da edição de 2016 da Copa do Nordeste. O sorteio, realizado na tarde de ontem, na sede da CBF, colocou frente a frente tradicionais equipes da região.  Dono da segunda melhor campanha até aqui e representante paraibano no mata-mata, o Campinense vai repetir o duelo contra o Salgueiro, time que enfrentou na primeira fase e venceu duas vezes.

Os outros duelos são Bahia x Fortaleza, Ceará x Santa Cruz e Sport x CRB. Caso passe pelo Carcará, o Campinense enfrentará na semifinal o vencedor do duelo entre Sport e CRB.

Por terem feito melhor campanha na primeira fase, Bahia, Campinense, Ceará e Sport decidem em casa quem avança às semifinais.

A CBF confirmou o primeiro jogo entre Salgueiro x Campinense para a quinta-feira da próxima semana, no sertão pernambucano. Já o jogo de volta acontece no domingo, dia 3.

Apesar de ter escapado de times tradicionais do pote 2, como Fortaleza e Santa Cruz, não há comemoração na Bela Vista por enfrentar um adversário teoricamente mais fácil na segunda fase. Falando em nome do clube, o presidente William Simões tratou de valorizar o rival e minimizar o favoritismo rubro-negro.

"O Salgueiro é certamente o melhor entre os segundos colocados que passaram para o mata-mata. E não há vantagem, nem mesmo o fato de decidir em casa. Só consideraria vantagem se jogássemos por dois resultados iguais", disse o dirigente raposeiro.

Projetando um avanço de fase, William Simões falou sobre Sport e CRB. E mandou um recado para os pernambucanos, que apontou como favoritos para chegar à semifinal.

"O Sport é favorito, pelo maior poder de investimento. mas no futebol nem sempre o mais forte vence. Hoje em dia camisa não ganha mais jogo, então o CRB pode surpreender e passar na semifinal", disse.

Mais cedo, o técnico Francisco Diá havia dito que ia "pedir a Deus" um adversário mais fraco, sem no entanto, revelar a sua preferência. Com o Salgueiro pela frente, não resta dúvidas de que o caminho do bicampeonato continua aberto.