Esportes

Botafogo precisa golear Sport para 'milagre' da classificação na Copa do NE

Além da goleada, Belo só fica com a vaga se no outro jogo do Grupo D, houver empate entre River e Fortaleza.



Um milagre. É isso que espera o torcedor botafoguense para conseguir a classificação para a segunda fase da Copa do Nordeste. Para que isso aconteça, o Belo precisa de uma combinação de resultados, que começa com uma improvável goleada por quatro gols de diferença sobre o Sport, às 21h45 desta quarta-feira, em plena Ilha do Retiro. E mesmo que isso aconteça, a vaga só viria se no outro jogo do Grupo D, houver empate entre River e Fortaleza, em Teresina.

A vaga pode vir até com uma vitória por três gols de diferença, mas aí nem todo empate no Piauí serve. Se o Botafogo vencer por 3 a 0, por exemplo, o empate entre River e Fortaleza terá que ser obrigatoriamente por 0 a 0.

Sabendo que a chance de avançar é quase nula, o técnico Itamar Schülle se apega a um discurso mais amplo. Para ele, fazer um bom jogo contra o Leão significa comprovar a evolução da equipe, que segue invicta no Campeonato Paraibano e se prepara para o mata-mata dentro de mais alguns dias.

"O mais importante é que o time está evoluindo a cada jogo. É lógico que existe um desgaste, mas estamos nos saindo bem e isso prova que o trabalho está no caminho certo para conquistarmos os objetivos nesta temporada", disse Itamar Schülle.

No treino de ontem, o último antes de enfrentar o Sport, o treinador fez apenas um treino tático, mas não deve mudar muito a equipe que enfrentou o Campinense no domingo. A única ausência é o meia Pedro Castro, que teve um entorse no joelho esquerdo e deve ficar fora até das finais do Campeonato Paraibano.
Já o Sport só depende dele para se classificar. Líder da chave com 8 pontos, o Leão garante vaga na segunda fase com uma vitória simples, independente do resultado do jogo em Teresina. Se empatar, poderá ser ultrapassado por Fortaleza e River. O time comandado por Falcão vem de duas goleadas pelo Campeonato Pernambucano - 4 a 0 sobre Central e América-PE.