Esportes

Campinense pega o Imperatriz para se garantir no mata-mata do Nordestão

Raposa precisa de um empate  apenas, mas a ideia é vencer e garantir a classificação com folga.



O Campinense realiza hoje o primeiro de dois jogos que ele tem pela frente para marcar um único ponto e assim garantir matematicamente a classificação para o mata-mata da Copa do Nordeste de 2016. O time, é verdade, precisa apenas de um empate, mas o grupo comandado pelo técnico Francisco Diá já pensa mesmo em vencer e assim conquistar o maior número possível de pontos, já pensando num cruzamento mais tranquilo na fase seguinte. E é assim, tranquilo e confiante, que a Raposa pega o Imperatriz, no Estádio Frei Epifânio, pela quinta rodada da competição.

Diá, por sinal, vai mais uma vez ter que modificar sua escalação titular por causa de desfalques.
Alguns atletas nem sequer viajaram para Imperatriz e o time titular teve que ser mais uma vez adaptado. Ainda assim, as chances de gols continuam sendo da dupla Rodrigão e Raul, com destaque ao primeiro, que no fim de semana marcou três gols.

A principal novidade, no entanto, vai ser Fernando Pires, que estreou no fim de semana pelo campeonato Paraibano e deve ter sua primeira chance no Nordestão, já que Magno não joga por ter levado no jogo anterior o terceiro cartão amarelo.

Um outro desfalque, talvez o principal, é o meia Roger Gaúcho, que estava há 15 dias sem atuar por causa de uma contusão, chegou a treinar com bola nesta semana, mas acabou sentindo um pouco de dor no tornozelo e foi poupado. Ele era cotado para viajar com o time, mas acabou vetado e permaneceu em Campina Grande.

Tem mais. Outra ausência é a do lateral-direito Paulinho, que sofreu uma lesão na coxa após o último jogo do Rubro-Negro no Campeonato Paraibano e está fora. Mas nem todas estas ausências tiram o otimismo da torcida e do grupo que viajou.

O Cavalo de Aço também tem problemas. Para o confronto contra os paraibanos, o clube não vai contar com o goleiro Lucas, o volante Anderson, o lateral-direito Clayton Carioca e o meia atacante Rubens.
Todos fazem parte do time titular e, por isso, são considerados desfalques importantes para o duelo que é considerado de vida ou morte, já que um reles empate já seria suficiente para eliminar a equipe da casa.

O time se apega ao bom resultado que conquistou na rodada passada, quando venceu o ABC de virada. Quer portanto voltar a surpreender.