Esportes

Punido, Campinense busca a 1ª vitória na Copa do NE jogando em João Pessoa

Raposa pega o Imperatriz no Almeidão em jogo que vale a ponta no grupo A da Copa do Nordeste.



No embolado Grupo A da Copa do Nordeste, em que todos os quatro clubes estão com um ponto conquistado, Campinense e Imperatriz jogam na noite desta terça-feira pela segunda rodada da primeira fase da competição.

A Raposa é a mandante, mas o duelo acontece no Estádio Almeidão, em João Pessoa, porque o clube de Campina Grande precisou pagar uma punição de um jogo por causa de um incidente registrado ainda no Nordestão do ano passado.

Assim, a partida precisou ser transferida para uma cidade a pelo menos 100 km de Campina Grande, e o clube rubro-negro acabou optando pela capital paraibana. O que, inclusive, pode ser um problema a mais, já que a CBF determinou que jogos no Almeidão, até segunda ordem, sejam realizados com portões fechados, por causa de uma obra que acontece nas proximidades da praça esportiva.

Independente destas polêmicas, os dois times tentam manter-se centrados na parte esportiva. E o Campinense, que considerou o empate fora de casa com o ABC um bom resultado, só fala em vencer o Imperatriz.

O empate com o ABC foi muito comemorado pelos jogadores rubro-negros, que esperam conquistar hoje a primeira vitória.

"É Copa do Nordeste, a motivação é outra, os adversários são de muita qualidade, mas a gente conseguiu desenvolver um bom futebol. Saímos com um empate que é um excelente resultado para a gente, apesar das situações de gol que acabaram aparecendo, mas foi importante conquistar esse ponto aqui contra o ABC", afirmou o goleiro raposeiro.

Já o time maranhense chegou somente na madrugada de ontem para o confronto contra o Campinense. Com um voo cancelado, o Cavalo de Aço teve que fazer uma verdadeira maratona e, após escalas em Brasília e Recife, chegou a Campina Grande às 3h da manhã. Com pouco tempo de preparação, o técnico Pedrinho Rocha deverá repetir a escalação da equipe na estreia da Copa do Nordeste.