Esportes

Campinense estreia em Natal para manter vivo sonho do bi campeonato

Campeão em 2013, Raposa enfrenta o ABC na condição de principal favorito do Grupo A da edição deste ano.



O ano era 2013. Ninguém esperava a imagem do zagueiro Roberto Dias levantando a taça da Copa do Nordeste, justamente no ano que a competição voltou a ser disputada. O título colocou o Campinense no seleto grupo de campeões nordestinos, e deu uma espécie de "selo de grandeza" para a Raposa.
De lá para cá, o Rubro-Negro só disputou a edição do ano passado (não conseguiu a classificação em 2014), mas sempre ostentando o sonho de repetir a dose.

E é justamente renovando essa esperança que o Campinense de Francisco Diá estreia no Nordestão neste sábado. A partida é contra o ABC, às 18h30, no Estádio Frasqueirão, em Natal. E mesmo jogando fora de casa, há um certo favoritismo para o lado paraibano. O time vem bem no Estadual, liderando com folga o Grupo A depois de três vitórias e um empate. Já o Time da Cartilha ocupa apenas a sexta colocação no Campeonato Potiguar (entre oito participantes) e não tem mais chance de chegar à decisão do turno.

E olha que, na teoria, o ABC é o adversário mais difícil para a Raposa, que ainda pega Imperatriz e Salgueiro pelo Grupo A da competição.

A aposta do Campinense para a Copa do Nordeste 2016 é na manutenção da sua base, campeã paraibana no ano passado. Apesar do insucesso na Série D de 2015, a diretoria raposeira manteve mais da metade do grupo que terminou a temporada e acredita que isto pode fazer a diferença.

Paralelamente a isto, o time aposta em reforços como os meias Roger Gaúcho e Chapinha. E o objetivo é começar o Nordestão da mesma forma como o time começou no Paraibano.

Os desfalques são o lateral-direito Paulinho, o lateral-esquerdo Danilo e o volante Leandro Sobral, além de David Modesto, que se contundiu no ano passado e só volta aos treinos no mês que vem.

Já o ABC vive uma grave crise pela má campanha no Campeonato Potiguar. O rebaixamento para a Série C deixou o ambiente ainda mais pressionado. Ontem, a diretoria se reuniu e decidiu dar um voto de confiança ao técnico Narciso, que no entanto sabe que qualquer tropeço na noite de hoje vai deixar a situação completamente insustentável.